Declaração Universal da Democracia.

por Miguel Gil Pinheiro Borges publicado 12/12/2012 10h30, última modificação 10/01/2013 12h26
Resolução A/62/7 da Assembléia Geral da Organização das Nações Unidas - ONU.

A Declaração Universal da Democracia constitui um documento forjado em 1997, no Cairo, Egito, na reunião da União Interparlamentar que teve representantes de 128 países – neste mesmo ano o Programa Interlegis foi criado com a missão de modernizar e integrar o Legislativo brasileiro.

Diante desta proximidade histórica, o Interlegis tem a enorme satisfação de traduzir para o português e publicar no Brasil esta Declaração, pois entende que a sua missão de modernização e integração do Legislativo brasileiro perpassa, necessariamente, por um entendimento aprofundado e detalhado do que seja a democracia.

O leitor encontrará um texto dividido em três grandes eixos: o primeiro aborda princípios da democracia; o segundo eixo afirma que ela é uma forma de governo que se estrutura em instituições sólidas que buscam mediar as tensões sociais e o terceiro eixo tange aspectos internacionais que sustentam a democracia como patrimônio da humanidade. Clique aqui para ter acesso à integra da Declaração Universal da Democracia. 

 

 

 

 

registrado em: