Biblioteca do Senado disponibiliza publicações em formato digital

por Tâmara Monteiro — publicado 16/04/2010 17h10, última modificação 16/04/2010 19h19
O Senado Federal disponibiliza ao público por meio de sua Biblioteca Digital diversas publicações em formato digital de forma livre e irrestrita.

Acesse aqui a Biblioteca Digital

O Senado Federal disponibiliza ao público por meio de sua Biblioteca Digital diversas publicações  de forma livre e irrestrita. A Biblioteca  coleta, armazena e preserva a documentação produzida pelas unidades administrativas da Casa, servidores ou senadores e, também, publicações externas mas de interesse do legislativo. São aproximadamente 130.000 documentos que podem ser lidos na íntegra distribuídos em nove coleções:

 

- Produção Institucional (de todos os órgãos da Casa),

 

- Direitos do Cidadão (códigos, estatutos, constituições federal e estaduais),

 

- Acessibilidade (documentação em áudio e vídeo inclusive com programas da Rádio e da Tv Senado),

 

- Constituinte nos Jornais (elaborada ano passado em homenagem aos vinte anos da Constituinte e conta a história da Constituinte no Brasil),

 

- Banco de notícias (carro-chefe da BDSF, uma coletânia do que os grandes jornais divulgam sobre o Senado Federal,

 

- Obras Raras (Obras inéditas que apenas a Biblioteca do Senado possui e que refletem a história do parlamento brasileiro, da política e da formação do estado no Brasil),

 

- Periódicos (como as Revistas de Informação Legislativa, Senatus ou boletins eletrônicos),

 

- Publicações Externas

 

- Senadores (para os parlamentares que queiram disponibilizar suas obras de forma livre e irrestrita a todo o público).

 

A Biblioteca Digital foi criada em 2007 atendendo à necessidade do público de ter acesso ao acervo intelectual do Senado e da Casa em dar maior transparência às obras ali produzidas. A diretora Simone Bastos explica que “a escolha de um software livre universal e padrão internacional foi um grande diferencial pois é utilizado basicamente por quase todas instituições de ensino no mundo, isso propicia um intercâmbio de informações muito extenso”,  ressalta Simone.

 O acesso mensal é de 1 milhão de usuários.

São 433 títulos que estão à disposição do público por um preço acessível. As obras podem ser adquiridas pessoalmente na livraria do Senado ou pela loja virtual. Para isso, basta entrar no site www16.senado.gov.br/livraria realizar o cadastro de clientes, escolher o título e gerar o boleto bancário. O prazo de entrega é de 15 dias, não é cobrado frete mas há um número limitado por pessoa na compra dos livros.

 A responsável pela Subsecretaria de Edições Técnicas do Senado, Anna Maria de Lucena diz que os títulos mais vendidos são a Constituição Federal, com mais de 10 mil exemplares vendidos só no ano passado e o Conselho aos Governantes. Outra publicação bastante procurada é a Revista de Informação Legislativa. Há, ainda, obras literárias de cunho histórico, social, ambiental e de direito. O Estatuto do Idoso, por exemplo, pode ser comprado a cinco reais. Os maiores compradores estão fora de Brasília. A livraria já realizou mais de 44 mil vendas pela internet e tem 28 mil usuários cadastrados. O Senado Federal está em negociação para incluir em seu acervo as publicações da Câmara dos Deputados.

 

 

 

Livraria do Senado Federal

Telefone: 61. 3303-3575 ou 0800-612211 Fax: 61. 3303- 4258

Endereço: Senado Federal

Subsecretaria de Edições Técnicas

Via N-2, Unidade de Apoio III

Praça dos Três Poderes

CEP: 70.165-900

E-mail: livros@senado.gov.br


Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.