Câmara e Senado levam conhecimento através de suas publicações

por Anderson Barbosa e Tâmara Monteiro — publicado 14/01/2010 14h17, última modificação 15/01/2010 15h51
Cada uma das Casas do Congresso Nacional tem um setor responsável pelas diversas publicações vendidas a preços simbólicos a todos os interessados. Saiba como adquiri-las

O Congresso Nacional tem em cada uma de suas casas um setor responsável pela comercialização das publicações com assuntos diversos, mas o carro-chefe é a legislação brasileira, encabeçada pela Constituição Federal.

A Câmara dos Deputados tem a Coordenação de Edições e o Senado tem a Subsecretaria de Edições Técnicas.

 

Na Câmara dos Deputados

Sobre o trabalho desenvolvido pelas Edições Câmara, o Portal Interlegis ouviu a sua diretora Maria Clara Bicudo Cesar oportunidade em que destacou o objetivo do setor que é planejar, editar e diagramar todas as publicações da Câmara dos Deputados.

Segundo Maria Clara Bicudo César, a maior procura é pela Constituição e estatutos. “A gente recebe muitos pedidos de livros relacionados à legislação, a Constituição Federal é o carro-chefe de vendas. Após vem os Estatutos da Criança e Adolescente e do Idoso e  o Código Civil. A maioria das nossas vendas é para instituições de ensino, associações e também para pessoas que nos procuram”, afirma.

"A Câmara dos Deputados faz doações das nossas publicações, mas tem um limite de cem títulos para doações, que vão para órgãos e entidades de administração pública, bibliotecas e escolas. Para as pessoas físicas a doação é restrita a um título. A Constituição é a mais pedida”, explica a diretora.

Maria Clara informou que está sendo ultimado um contrato entre aquela coordenação e a Subsecretaria de Edições Técnicas do Senado Federal. “Com esse acordo, o Senado passará a vender as nossas publicações em sua livraria virtual. O contrato entre os dois órgãos já passou pela diretoria e já está em processo de assinatura", concluiu.

Para adquirir as publicações da Câmara dos Deputados é só acessar o site da Edições Câmara, pelo email edições.cedi@camara.gov.br, pelo blog ou pelos telefones (61) 3216-5809 e (61) 3216-5810.

 

No Senado Federal

Em entrevista também ao portal Interlegis a responsável pela Subsecretaria de Edições Técnicas do Senado, Anna Maria de Lucena, disse que os títulos mais procurados são a Constituição Federal, com mais de 10 mil exemplares vendidos só no ano passado e o "Conselho aos Governantes".

Outra publicação bastante procurada é a Revista de Informação Legislativa, uma obra exclusiva da Casa e editada há vários anos. Além de outras obras literárias de cunho histórico, social, ambiental e de direito.  “O Estatuto do Idoso e todas as obras têm preços simbólicos”, informou.

Segundo Anna Maria os maiores compradores estão fora de Brasília. “A livraria já realizou mais de 44 mil vendas pela internet e tem 28 mil usuários cadastrados”.

- As obras podem ser adquiridas pessoalmente na livraria do Senado que fica no Anexo II e no prédio das Edições Técnicas ou pela loja virtual. Para isso, basta entrar no site http://www16.senado.gov.br/livraria e preencher o cadastro de clientes, escolher o título. Será gerado o boleto bancário. O “prazo de entrega é de 15 dias, não é cobrado frete, mas há um número limitado por pessoa na compra dos livros”, concluiu Anna Maria.

Norival Pereira da Costa
Norival Pereira da Costa disse:
24/04/2014 09h16
Por ocasião do Seminário :Agenda 2014 Por um Brasil mais simples o "livreto" intitulado :TRATAMENTO DIFERENCIADO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS:Legislação para Estados e Municípios VOLUME 6 faltam as folhas de 23 a 31 tornando-o inútil à consultas.
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.