Dados do I Censo do Legislativo

por guilhermeguedes — publicado 22/04/2008 13h34, última modificação 04/05/2009 15h06
O Portal Interlegis passa a abrigar todos os dados do I Censo do Legislativo, que colheu informações de todas as casas legislativas do país

Realizado em uma parceria entre o Senado Federal e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), através do Programa Interlegis, o I Censo do Legislativo Brasileiro é o resultado de dois anos de trabalhos intensos. Buscando informações detalhadas sobre o funcionamento das 5.564 Câmaras Municipais, 26 Assembléias Legislativas e da Câmara Legislativa do Distrito Federal, mais de 200 recenseadores percorreram o país entre 2003 e 2005. Agora, após análise e estruturação completa dos dados, o Interlegis e o Secretaria Especial de Informática do Senado Federal - Prodasen, anunciam a divulgação dos dados no Portal Interlegis.

"Um retrato das condições de funcionamento do legislativo brasileiro". Assim o projeto foi definido pelo diretor da Subsecretaria de Planejamento e Fomento, José Dantas. "A interpretação desses dados vai permitir maior conhecimento da forma como opera o legislativo. Poderemos avaliar melhor o trabalho  de uma câmara ao perceber as condições de trabalho dos seus veradores", destacou.

As informações do Censo são apresentadas, na sua formatação original, por uma ferramenta de pesquisa especialmente desenvolvida por técnicos do Prodasen. Esse formato permitirá aos usuários analisar os dados de maneira objetiva, selecionando as informações a serem visualizadas. "A idéia é que o usuário possa manipular todos os dados pelo Portal Interlegis", afirmou Dantas.

Telma Venturelli, coordenadora de pesquisa da Subsecretaria de Planejamento e Fomento, coordenou a execução do censo. Em entrevista ao Portal Interlegis, Telma destacou a importância da divulgação dos dados. "A partir dos dados do censo, fica muito clara a estrutura das casas; tanto suas fragilidades como os modos de operação", disse. "Essas informações vão chamar a atenção da sociedade, e aí poderemos nos mobilizar para aperfeiçoar o sistema".

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.