Câmaras municipais serão interligadas virtualmente

por brendaortiz — publicado 27/08/2007 16h35, última modificação 27/08/2007 16h36
“O Interlegis no Espírito Santo – ontem, hoje e seus principais projetos, ações e metas futuras” foi tema de palestra na Assembléia Legislativa do Espírito Santo

Com o tema “O Interlegis no Espírito Santo - ontem, hoje e seus principais projetos, ações e metas futuras”, a Coordenação Legislativa do Interlegis no Estado do Espírito Santo realizou uma palestra na manhã desta segunda-feira (27), no auditório “Augusto Ruschi”, da Assembléia Legislativa do Espírito Santo.

 

Deputados estaduais e cerca de 80 representantes, entre presidentes e servidores, de 21 câmaras municipais do Estado compareceram ao evento. Durante a palestra, o coordenador do Interlegis, Luiz Alberto Marçal, apresentou 23 projetos novos e estruturados com ações que serão tomadas junto às câmaras municipais. 

 

Dentre eles, a instalação de Internet banda larga em todas as câmaras, uma sala de videoconferência e outra multiuso, para a formação tecnológica dos servidores das câmaras municipais. O Interlegis pretende ainda organizar seis oficinas diferentes para capacitar os servidores nas áreas de processo legislativo e administrativo, além da implantação de TVs e rádios Câmaras.

 

“O desafio é ligar virtualmente as 78 câmaras municipais. Com isso, nós poderemos acompanhar todas as sessões, as pautas e os processos legislativos de cada câmara”, explicou Marçal.

 

A deputada Luzia Toledo (PTB), presidente em exercício da Assembléia Legislativa do Espírito Santo, participou da abertura do evento. Ela destacou a importância da interação que o Interlegis permite entre deputados e vereadores. “O Interlegis traz para o Espírito Santo a tecnologia e a modernidade do Senado Federal, dando condições aos vereadores e presidentes de câmaras de fazer um trabalho mais qualificado”, ressaltou. 

 

Para o deputado Elion Vargas (PV) a integração dos poderes legislativos colabora para diminuir a distância entre eles. “Nós não temos uma cultura de participação entre os poderes legislativos, mas nós sabemos que tudo que visa a união e integração, no fundo, objetiva a transparência”, declarou.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.