Tribunal de Contas do Ceará e ILB acertam detalhes de parceria

por Letícia Almeida Borges publicado 26/09/2018 17h20, última modificação 27/09/2018 15h25
EAD e Oficinas Interlegis estão entre as atividades que serão implementadas

Integrantes do Instituto Plácido Castelo (IPC), a Escola Superior de Contas e Gestão Pública do Tribunal de Contas do Ceará discutiram durante esta quarta-feira, 26/09, medidas para implementar o convênio assinado entre o TCE e o Senado, sobretudo na área educacional. Entre as parcerias, transferência de tecnologia nos ambientes virtuais de aprendizado, realização de Oficinas para capacitação de servidores de Câmaras Municipais, oferta de vagas dos cursos de EAD.

Francisco Otávio de Miranda Bezerra, Maria Hilária de Sá Barreto, Paulo Alcântara Saraiva Leão, diretores e secretário executivo do IPC, respectivamente, e Juraci Muniz Júnior, assessor especial da Presidência do TCE compõem a comitiva. Eles estiveram no Instituto Legislativo Brasileiro durante quase todo o dia – e as reuniões vão continuar na manhã desta quinta-feira – e visitaram também a Secretaria de Gestão da Informação e Documentação (Biblioteca), além da Diretoria Geral do Senado.

Segundo o diretor-executivo do ILB, Helder Rebouças, a parceria começou a ser desenvolvida há alguns meses e já produziu resultados. Ele recebeu os integrantes do IPC à tarde e acertou nova ida a Fortaleza para celebrar uma nova etapa do cronograma de trabalho, de cessão do Sistema de Gestão Educacional (SIGED) do TCE para uso do ILB em questões administrativas como emissão de certificados e inscrição de alunos.

Produtos e serviços Interlegis

Este mesmo sistema poderá ser usado pelo Programa Interlegis, durante ações de capacitação no Ceará. A ideia é aproveitar um programa desenvolvido pelo Tribunal e levar as Oficinas para o uso de ferramentas tecnológicas e outros produtos e serviços que o Interlegis desenvolve para as casas legislativas.

O Coordenador de Planejamento e Relações Institucionais do ILB/Interlegis, Francisco Biondo, vai discutir o calendário de atividades para todo o ano que vem com os técnicos do IPC ainda em novembro. Ele também esteve presente à reunião na direção do ILB, da qual também participou o presidente da Associação Brasileira de Escolas do Legislativo e de Contas (ABEL), Florian Madruga.

No período da manhã, o grupo esteve na área de treinamento do ILB para tratar de ações conjuntas como a oferta de vagas dos cursos do ILB e do Tribunal aos servidores dos dois órgãos – até 10% do número de vagas -, e disponibilização de conteúdo dos cursos de EaD do Senado para a Escola.  

Foram recebidos pela coordenadora de Treinamento do ILB, Amanda Albuquerque e pelo chefe de serviço Pedro Ximenes. Eles querem trocar informações sobre a experiência do Programa de Formação Gerencial (PFG) desenvolvido pelo Senado e saber em que medida algumas ações pontuais podem ser replicadas no Tribunal.

O roteiro continua na manhã desta quinta-feira com reuniões técnicas no Prodasen, na Coordenação de Educação Superior do ILB e na Instituição Fiscal Independente.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.