Três novas oficinas se somaram ao conjunto de treinamentos oferecidos pelo Interlegis

por Debora Silva Barroso Pais publicado 16/01/2019 08h50, última modificação 16/01/2019 15h19
Câmaras Verdes, Comunicação Integrada e Compilação e Articulação de Textos Jurídicos foram lançados durante o ano

Em 2018 o Interlegis lançou três novas oficinas para compor seu portfólio de treinamentos presenciais nos estados. De fevereiro a dezembro o ILB passou por 15 estados e mais o Distrito Federal para realizar treinamentos sobre Portal Modelo e SAPL, revisão das leis orgânicas e dos regimentos internos, cerimonial, licitações e contratos e a oficina Mulheres nas casas legislativas, que fala sobre políticas públicas para enfrentar a violência contra a mulher. Mas para não perder de vista sua capacidade de inovar e entender as demandas das casas, o ILB ainda elaborou e lançou as oficinas Câmaras Verdes, Comunicação Integrada e Articulação e Compilação de Textos Jurídicos.

A primeira é uma resposta à necessidade de o Poder Legislativo se comprometer com o tema da Sustentabilidade. O treinamento sensibiliza as casas legislativas sobre sua responsabilidade socioambiental na realização de compras, contratações e consumo.  Já a oficina de Comunicação Integrada apresenta estratégias que potencializam a comunicação das casas. Por fim, a oficina de Compilação é um desdobramento da Oficina de SAPL, que na sua versão 3.1 conta com esse módulo que necessita de treinamento específico para ser utilizado. A nova funcionalidade permite enxergar a linha do tempo das leis.

As oficinas realizadas obtiveram a adesão de 587 câmaras e assembleias. O público desses eventos ultrapassou 2700 pessoas.

Mais de mil compareceram aos Encontros Interlegis

Já os Encontros Interlegis ocorreram em oito estados em 14 ocasiões. Mil cento e quarenta e seis pessoas compareceram aos eventos, assistidos por representantes de 226 casas legislativas. Sediaram Encontros Interlegis os estados do Piauí, Rio de Janeiro, Ceará, Rio Grande no Norte, Minas Gerais, Bahia, Alagoas e São Paulo.

Na pauta de discussões estiveram a modernização legislativa, a importância da transparência, da opinião pública, Orçamento Público e a distribuição da água no Nordeste. Um cardápio de opções moldado conforme a necessidade de cada região, negociado e decidido em conjunto com os senadores que solicitaram os eventos e as casas anfitriãs. A receita do sucesso dos Encontros que contaram em sua grande maioria com a presença dos senadores.

Em encontro regional em Natal no mês de junho, o senador Garibaldi Alves Filho (MDB-RN) disse que o Interlegis leva transparência e modernização para casas legislativas do interior.  Na ocasião, ele destacou o empenho do Programa em promover estes eventos no estado  “pelas melhorias na transparência e no acesso à informação das casas legislativas do interior”.

Ainda no mês de junho, durante encerramento de encontro em Cordeiro, no Rio de Janeiro, o senador Eduardo Lopes (PRB-RJ) afirmou que o trabalho realizado pelo Interlegis no estado teria impacto na qualificação de servidores e vereadores dos municípios que participaram das ações de capacitação e em março, durante a oficina Senado Mulheres, a senadora Regina Souza (PT-PI)  afirmou que o Interlegis "é um instrumento de formação política e social".