Série Rádio Senado (Programa 2)

por Mariana de Sousa Santos publicado 19/12/2017 15h05, última modificação 19/12/2017 15h05
Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL) foi tema da segunda parte.

O Programa Interlegis, hoje uma referência quando se fala em modernização legislativa, nasceu em 1997 em discussões que aconteciam nas instalações do Centro de Processamento de Dados do Senado (conhecido como Prodasen). A ideia inicial mirava a quase absoluta exclusão digital do Legislativo Municipal brasileiro – daí a ideia de doação de equipamentos para as Câmaras e de levar a internet até um pequeno grupo delas.

Mas a ideia cresceu, ganhou o apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), que foi parceiro do Senado até 2015, passou por várias fases, mudou de foco algumas vezes, mas sempre voltado para a integração e modernização do Legislativo em todas as suas esferas. E assim o Programa chega aos 20 anos, com um amplo espectro de atendimento e relacionamento com Assembleias e Câmaras – que passam por treinamentos, suporte tecnológico, consultorias, produtos e muito mais, tudo sem custos para elas.

As ferramentas disponibilizadas para as casas legislativas, como o Portal Modelo para internet e o Sistema de Apoio ao Processo Legislativo, garantem transparência e eficiência aos trabalhos e adequação à legislação.

Para assinalar estes 20 anos, a Rádio Senado fez uma série de cinco programas sobre esta trajetória.


Programa 2 – Destaca a importância de se saber o que fazem os representantes do povo, o que hoje é obrigatório, por força das Leis de Acesso à Informação e da Transparência. Para se adaptar, muitas Câmaras procuram plataformas gratuitas, como é o caso do que é fornecido pelo Interlegis. Servidor do Programa explica a economia de recursos. Presidente da Câmara de Itapoá (SC) conta a revolução feita na sua casa com a adoção dos produtos.

Escute a matéria no link: https://www12.senado.leg.br/radio/1/series-especiais/interlegis

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.