Primeiro curso de extensão a distância do ILB terá alunos do Tribunal de Contas do Ceará

por Debora Silva Barroso Pais publicado 27/09/2018 12h35, última modificação 08/10/2018 17h05
Instituição Fiscal Independente (IFI), órgão do Senado Federal, é responsável pelo conteúdo

A primeira turma do curso de extensão do ILB totalmente modelada para o ensino a distância terá vagas reservadas para o Tribunal de Contas do Ceará. Este é um  desdobramento das ações de parceria entre o ILB e o Instituto Plácido Castelo (IPC) -  a Escola Superior de Contas e Gestão Pública do TCE-CE.  A formulação do curso de extensão em Contas Públicas teve a participação da Instituição Fiscal Independente, IFI, órgão do Senado Federal, que desenvolveu o conteúdo. 

No último dia da visita técnica dos integrantes do IPC ao Senado, a comitiva da Escola esteve na IFI e levou convite para o diretor-executivo do órgão, Felipe Salto, realizar palestra em evento que o Tribunal organiza em novembro deste ano - o TCE Debate - com a presença confirmada do diretor-executivo do ILB, Helder Rebouças. Na ocasião, será discutido o papel institucional da IFI e as perspectivas das avaliações de contas nos entes federados. Também será feita a cessão do Sistema de Gestão Educacional (SIGED) do TCE para uso do ILB.

Ainda na manhã desta quinta (27), Francisco Otávio de Miranda Bezerra, Maria Hilária de Sá Barreto, Paulo Alcântara Saraiva Leão, diretores e secretário executivo do IPC, respectivamente, e Juraci Muniz Júnior, assessor especial da Presidência do TCE, voltaram ao ILB para debater ações no campo da educação continuada que o Instituto realiza e às quais o Tribunal poderá se juntar.

Acompanhado de Helder Rebouças, o grupo foi recebido pela coordenadora de Ensino Superior, Valéria Ribeiro e equipe.

Dentre as atividades previstas para 2019 apresentadas pela COESUP foram citadas, além do curso de extensão, a nova pós-graduação lato sensu desenhada em parceria com a ESAF e o Tribunal de Contas da União em Direito e Economia, com início previsto para o primeiro semestre e que também será feita em EaD. Para esta primeira edição do curso, tanto o Tribunal do Ceará quanto o do Rio Grande do Sul poderão participar indicando alunos.

Helder Rebouças destacou a importância dos temas que serão desenvolvidos durante a especialização para os tribunais de contas do estados:

- “É de grande relevância levar para dentro dos tribunais assuntos como Análise de Impacto Orçamentário, uma das disciplinas desta pós-graduação”, destacou.

Para 2020, o ILB também irá lançar mestrado na modalidade semi presencial no qual o TCE poderá ter acesso às vagas . A primeira edição de mestrado do Senado será em 2019, exclusiva para servidores.

ILB e IPC também trocaram informações sobre a revista acadêmica que o ILB pretende lançar ainda este ano - experiência que o Tribunal já tem, com a revista “Controle”, publicada pela Escola.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.