Oficinas em Brasília apresentam o Novo SAPL

por Letícia Almeida Borges publicado 28/02/2018 18h58, última modificação 28/02/2018 18h58
Versão 3.1 traz painel eletrônico e outras novidades

O Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL), ferramenta desenvolvida pelos técnicos do Programa Interlegis que facilita a atividade de parlamentares e servidores, está de cara nova. Com a colaboração de desenvolvedores de vários pontos do país, o SAPL foi totalmente reescrito utilizando uma tecnologia mais moderna, ágil e dinâmica, o que tornou o sistema mais leve e fácil de usar.

E quem vai tomar contato primeiro com esta novidade são Câmaras já familiarizadas com versões anteriores da ferramenta e que poderão multiplicar sua experiência. Até o momento, cerca de trinta delas já se inscreveram para participar das Oficinas, que serão divididas em duas turmas – de 5 até a manhã do dia 7 e da tarde do dia 7 até o dia 9 de março. Ainda há vagas.

A partir daí, a ideia é que os treinamentos se estendam a vários pontos do país, de acordo com as demandas e as possibilidades da equipe de técnicos em atendê-las. Os canais de atendimento da Coordenação de Tecnologia da Informação do Interlegis, bem como os das redes de colaboração – notadamente do GITEC (Grupo Interlegis de Tecnologia, dentro do COLAB) – também estarão à disposição dos usuários.

As novidades

Além das funcionalidades já existentes na versão anterior, o Novo SAPL ganhou duas grandes inovações: o Painel Eletrônico e os Textos Articulados. E são novidades que trarão muitos benefícios às casas legislativas e principalmente aos cidadãos. 

O Painel Eletrônico é uma importante ferramenta de controle, comunicação e transparência nas sessões plenárias. Orienta a mesa e os parlamentares no decorrer da sessão e proporciona aos cidadãos que estiverem acompanhando a reunião uma melhor compreensão do que está em discussão e de como estão votando seus representantes.

Facilita também os trabalhos da mesa quanto ao encaminhamento das votações e no controle de tempo dos parlamentares durante seus discursos, apartes e questões de ordem.

Já os Textos Articulados são uma nova forma para se cadastrar o texto de proposições, matérias legislativas ou normas jurídicas. Utilizando essa funcionalidade, é possível fazer vinculações entre partes de tais documentos, como, por exemplo, quando uma norma jurídica revoga ou altera um parágrafo ou artigo de outra norma que a antecedeu. A partir de tais vinculações, o sistema monta uma linha do tempo na norma original, exibindo suas diferentes versões no decorrer do tempo, possibilitando recuperar com precisão qual era o texto vigente em determinado momento.

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.