Oficina Interlegis de Cerimonial traz para Brasília servidores do Legislativo de quatro estados e do DF

por Debora Silva Barroso Pais publicado 09/08/2017 17h10, última modificação 10/08/2017 17h00
Cerca de cem servidores do Senado estão inscritos

Teve início nesta quarta-feira, 09/08, a Oficina de Cerimonial no Ambiente Legislativo de Brasília. Quase 100 servidores do Senado se inscreveram para participar do treinamento realizado pelo Coordenador de Planejamento e Relações Institucionais do ILB, o relações públicas Francisco Biondo.

Biondo tem vasta experiência em Cerimonial. Ele esteve anos à frente desse setor no Congresso Nacional, servindo a sete presidentes do Senado. Sua palestra sobre Cerimonial já foi apresentada para quase mil pessoas em todo o país. Esta edição, além de servidores do Senado e da Câmara dos Deputados, atraiu também a participação de servidores das Câmaras Municipais de Formosa (GO), Cabeceira Grande (MG), Palmas (TO) e de Presidente Figueiredo, no Amazonas.

De Presidente Figueiredo, o servidor Joailson Souza explica o porquê de realizar uma viagem tão longa para fazer mais um curso promovido pelo Interlegis: “Já fiz outros. Sempre leio o site e sempre vejo esse nome: Francisco Biondo. Sei que é alguém que sabe do que fala. Acho que esse curso é muito bom por que vou poder orientar com mais precisão a presidente da Câmara em dúvidas que surgem durante cerimônias que realizamos, como, por exemplo, citar ou não uma a uma as autoridades presentes a um evento”, diz Joailson.

Servidora de gabinete parlamentar,  Silvana Pataro também falou de suas razões para participar do treinamento: “todo mundo acha que sabe das coisas, mas quando vamos ver às vezes atrapalhamos mais do que ajudamos. É interessante participar de um curso como esse em que até a questão da educação pessoal é um ponto destacado”, pontuou.

Nas falas iniciais, Biondo reforçou o papel do Cerimonial como uma unidade em que se constrói a imagem pública de uma instituição. “O Cerimonial é a expressão máxima da comunicação de uma casa legislativa e nosso trabalho contribui para a imagem da Casa”, disse, reforçando a necessidade de que esta atividade “simplifique, sem perder a solenidade”.

Alberto de La Pena, servidor lotado na Secretaria de Apoio aos órgãos parlamentares do Senado concorda com a relação existente entre cerimonial e imagem da instituição e destacou que o curso “ajuda a formar um corpo dedicado a esse setor, fortalecendo a imagem da instituição”. Sua colega Adriana Lopes acrescentou: “acho muito válido participar desse treinamento porque proporciona muito conhecimento para gente e nos dá instruções de como nos aperfeiçoar”, finalizou.

A Oficina de Cerimonial no Ambiente Legislativo prossegue até sexta-feira, 11 de agosto.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.