Escola Superior de Gestão e Controle do TCE-RS propõe convênio com o ILB

por Debora Silva Barroso Pais publicado 14/09/2018 15h50, última modificação 14/09/2018 17h26
Diretor da escola pede apoio do Instituto, por meio do Interlegis, para recepcionar novos deputados

Sandro Trescastro Bergue e Renato Pedroso Lauris, respectivamente diretor e vice da Escola Superior de Gestão e Controle Francisco Juruena do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul (TCE-RS), discutiram nesta quinta-feira (13) com o diretor-executivo do Instituto Legislativo Brasileiro (ILB), Helder Rebouças, a possibilidade de intercâmbio entre as duas instituições. Segundo Helder Rebouças, deve ser assinado um protocolo de intenções e, em seguida, um plano de trabalho.

Da reunião participaram também, para avaliar as áreas de interesse, Valéria Franklin, coordenadora da Coordenação de Educação Superior (Coesup) do ILB, Paulo dos Santos Meira, diretor da Secretaria e Gestão de Pessoas do Senado (SEGP), e Jorge Porcaro, chefe do Serviço de Ensino a Distância (Seed) do ILB.

Uma das ideias em análise é fazer algo semelhante ao que foi feito com o Tribunal de Contas do Ceará, que inclui presença de alunos no primeiro curso de pós-graduação a distância que será oferecido pelo ILB e a participação cruzada nos conselhos editoriais das revistas acadêmicas das duas instituições. Gestores do TCE do Ceará também devem dar palestras nas atividades do Programa Interlegis dirigidas às Câmaras Municipais que eventualmente sejam promovidas no estado, sobretudo para conscientizar sobre ações de fiscalização e controle.

Sandro Bergue também manifestou interesse na participação do ILB/Interlegis numa ação que a Escola do TCE-RS está programando para recepcionar os deputados que serão eleitos este ano. O objetivo é aproximar a Assembleia Legislativa e o Tribunal e debater o papel de cada um. Uma possibilidade é adaptar para este novo público o encontro Interlegis  "Nova Legislatura", especialmente desenvolvido para vereadores em primeiro mandato que assumiram os cargos no ano de 2017.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.