Câmaras do Vale do Ribeira mostram empenho para atualizar Marcos Jurídicos

por Letícia Almeida Borges publicado 22/06/2018 15h29, última modificação 22/06/2018 15h29
Oficina Interlegis terminou nesta quinta à noite, em Miracatu, com primeira fase concluída

Representantes de dez Câmaras Municipais do Vale do Ribeira encerraram, na noite de quinta-feira, a Oficina Interlegis de Marcos Jurídicos em estágio bastante avançado, segundo avaliação do instrutor do processo, Luis Fernando Pires Machado. Segundo ele, o empenho das equipes foi tão grande que os documentos – Regimento Interno e Lei Orgânica Municipal – em muitos casos já estão prontos para discussão e votação pelos vereadores.

Luis Fernando também destacou outro fator que demonstra a dedicação dos servidores: alguns deles, como os de Barra do Turvo e Ribeirão Branco, chegaram a viajar quase 300 quilômetros para poderem participar do curso. As outras Câmaras presentes foram as de Itariri, Ilha Comprida, Sete Barras, Registro, Piedade, Cajati e Pariquera-Açu, além da anfitriã Miracatu.

A Oficina Interlegis foi a primeira ação da recém-inaugurada Escola Legislativa da Câmara de Miracatu, que tem como objetivo contribuir para a educação política e o aprimoramento da prática legislativa. A Escola, a primeira da região, tem como presidente a vereadora Sueli Tiemi Tanaka de Matos e, como coordenador, o procurador jurídico da Câmara, Rodrigo Magalhães Santana.

Telma Venturelli é assistente pedagógica da Coordenação de Ensino Superior do Instituto Legislativo Brasileiro, o ILB, ao qual está vinculado o Programa Interlegis. Ela também esteve em Miracatu e pôde atestar a boa qualidade dos serviços prestados e da infraestrutura oferecida pela Escola e pela Câmara. Segundo ela, a Escola tem, inclusive, a intenção de oferecer cursos de extensão em parceria com universidades paulistas.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.