Câmaras do Sul do Espírito Santo pedem produtos Interlegis

por Debora Silva Barroso Pais publicado 14/09/2018 15h10, última modificação 17/09/2018 17h55
Casas querem voltar a utilizar Portal Modelo

Na manhã desta sexta, 14, representantes das Câmaras Municipais de Rio Novo do Sul e Iconha (ES), estiveram na sede do Interlegis para conhecer mais sobre a Oficina de Marcos Jurídicos. Na ocasião, estiveram presentes o presidente da Câmara de Rio Novo do Sul, Jucelino Coli, o vereador do município, Carlinho Cremonini e o advogado da Câmara Cândido Lousada. Representavam a Câmara de Iconha, o procurador-geral Rewerton Bertholi e a servidora Gabriela Anhoteli.

Com o apoio do senador Magno Malta (PR-ES), a casa já apresentou a solicitação de alguns serviços oferecidos gratuitamente para as casas legislativas para melhorar o seu desempenho como o Sistema de Apoio ao Processo Legislativo e o Portal Modelo. Durante a visita, demonstraram interesse em fazer a  Oficina de revisão dos Marcos Jurídicos.

Gabriela Anhotteli já conhecia o SAPL e o Portal Modelo. “Participei dessa oficina há anos. Nós fomos os primeiros a ter o .leg no endereço eletrônico e já fomos citados por instrutores do Interlegis como portal de referência para outras casas”, conta.

As duas casas já utilizaram o Portal Modelo, porém, tiveram que fazer alterações exigidas pelo Tribunal de Contas em seus portais e, por não terem um técnico em tecnologia, deixaram o Portal Modelo e contrataram serviços de terceiros.  

“Agora, queremos completar o desafio de modernização das casas do Estado. Para tanto, faz-se necessário usar os programas”, diz Jucelino Coli, referindo-se às ferramentas do Interlegis. Também queremos a oficina de Marcos Jurídicos para atualizar nosso regimento e nossa lei orgânica”, afirma o presidente da Câmara de Rio Novo do Sul.

Os representantes das câmaras passaram um período da manhã na companhia do servidor do Senado, Janary Nunes, recebendo orientações sobre como estreitar a parceria já de longa data com o Interlegis. “Nossa realização é a modernização da Câmara de vocês”, apontou Janary.

O advogado Cândido Lousada destacou que o Interlegis é um dos mais importantes Programas de que ele tem conhecimento por facilitar e levar capacitação às casas com menos recursos. Os servidores assumiram o compromisso de reunir as 22 câmaras do Sul do Espírito Santo quando o Interlegis realizar novas ações.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.