CAPACITAÇÃO - Câmaras da Paraíba terão treinamento do Interlegis

por laborges — publicado 06/06/2011 17h27, última modificação 07/06/2011 17h23

A partir do dia 8, representantes de mais de 20 Câmaras receberão treinamento. Confira na matéria da assessoria da Assembleia Legislativa:

A Escola do Legislativo promoverá, nos próximos dias 8,9 e 10 (quarta, quinta e sexta-feira) uma oficina para o Portal Modelo, ministrada por técnicos do Interlegis. Participarão desse treinamento representantes de 24 Câmaras Municipais da Paraíba. A Escola do Legislativo é órgão da Assembleia Legislativa do Estado.

Esta oficina será ministrada por instrutores do Interlegis no laboratório de informática da ALPB. Ela se destina às câmaras previamente selecionadas. "São Casas Legislativas que não possuem portal na Internet. Os participantes serão os próprios representantes responsáveis pela publicação do conteúdo no Portal", afirmou Maria Helena, diretora da Escola do Legislativo e secretária nacional da Associação Brasileira das Escolas do Legislativo (Abel).

Participarão desse treinamento as Câmaras de Vereadores dos municípios de Alhandra, Caaporã, Araçagi, Bananeiras, Solânea, Campina Grande, João Pessoa, Esperança, Boa vista, Barra de Santa Rosa, Pucuí, Santa Luzia, Patos Piancó, Conceição, Bonito de Satna Fé, Cajazeiras, Brejo dos Santos, Catolé do Rocha, Pilar e Itabaiana.

O que é Interlegis?

O Interlegis é um programa desenvolvido pelo Senado Federal, em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), de modernização e integração do Poder Legislativo nos seus níveis federal, estadual e municipal e de promoção da maior transparência e interação desse Poder com a sociedade. Os meios utilizados são as novas tecnologias de informação (Internet, videoconferência e transmissão de dados), que permitem a comunicação e a troca de experiências entre as Casas Legislativas e os legisladores e entre o Poder Legislativo e o público, visando aumentar a participação da população no processo legislativo.

O Programa é composto por 4 áreas de atuação: Tecnologia, Informação, Comunicação e Educação. O segmento de tecnologia provê a infra-estrutura necessária para o desenvolvimento de iniciativas que aumentem a quantidade e a qualidade das informações colocadas à disposição dos parlamentares, dos assessores e da população. O segmento de informação tem por atividade desenvolver pesquisas de conteúdo específico para a igual disponiblilização legislativa, assessoria de projetos a parlamentares e a Comunidade em geral. O segmento de comunicação é responsável por levar as informações a estes grupos e o segmento de educação é voltado a desenvolver a cidadania e promover a capacitação contínua dos quadros do Poder Legislativo.


Fonte: HERMES DE LUNA

Arquiles
Arquiles disse:
08/06/2011 09h03

A Câmara de Picuí-PB, não teve nenhum interesse de mandar funcionários para essa capacitação, tendo em vista que há funcionários que estuda no IFPB-Campus de Picuí- na área de informática e seria proveitoso para esse funcionario e também para câmara.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.