REFORMA POLÍTICA - Assembleia de Sergipe apresenta propostas para a Comissão da Câmara dos Deputados

por laborges — publicado 17/05/2011 18h49, última modificação 17/05/2011 18h49
Os 24 deputados estaduais participaram do debate e apresentaram suas sugestões para a Comissão Especial que discute a reforma política na Câmara.

Veja mais detalhes na matéria da Agência de Notícias da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese):

A presidente da Assembleia Legislativa, Angélica Guimarães (PSC) e primeira secretária da Casa, Conceição Vieira (PT) entregaram aos integrantes da comissão especial, que discutem a reforma política, documento com sugestões dos 24 parlamentares sergipanos para serem apreciadas no processo de discusão da reforma do sistema eleitoral brasileiro.

Angélica Guimarães ressaltou que a Reforma Política é um tema que precisa ser debatido. “Após essa reunião, os debates vão continuar acontecendo nas Câmaras Municipais, na Assembleia, no Congresso Nacional. Nós fizemos uma reunião com todos os deputados estaduais para que cada um informasse sua posição e de seu partido sobre determinados temas. O objetivo era elaborar uma pauta de pontos e que pudesse entregar à Comissão um documento que representasse as propostas da Assembleia”.

“Almeida Lima é um deputado federal que orgulha Sergipe pelo seu trabalho, tanto como senador e agora na Câmara dos Deputados. Se a gente conseguir aprovar dois ou três pontos apresentados pela nossa Casa a essa Comissão, já avançaremos muitos”, completou a presidente.

Por sua vez, a relatora das propostas elaboradas pela Assembleia, deputada Conceição Vieira, explicou que “chegamos a um ponto de convergência: a unificação das eleições. Todos que estavam presentes na reunião também se colocaram contrários à reeleição. O financiamento público de campanhas conseguiu unir o PT e do DEM na questão; a mesma coisa ocorreu sobre a tal lista pré-ordenada, com a recusa da deputada Goretti Reis (DEM). Há um entendimento também de que o suplente do senador eleito deve ser sempre o segundo colocado e assim por diante”, afirmou Conceição. 


Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.