ADESÃO - Interlegis e CM de Maracanaú/CE confirmam parceria - 09/02

por luizcar — publicado 11/02/2011 09h58, última modificação 11/02/2011 09h59


Confira a reportagem do colega Luciano Augusto, do Ceará Agora

Foi assinado na tarde desta quarta-feira (9) na Câmara Municipal de Maracanaú, o termo de adesão ao programa Interlegis,  primeiro passo para implantar o projeto de modernização, integração e informatização supervisionado pelo programa.

Criado há 11 anos pelo Senado Federal, em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o programa tem como objetivo colaborar para o melhor desempenho das casas legislativas, modernizando e criando condições de maior eficiência, qualificação e transparência das atividades administrativas e legislativas.

O Interlegis coloca à disposição dos legislativos soluções tecnológicas de software, além de consultoria e capacitação profissional para os funcionários através de cursos à distância e presenciais, visando a inclusão social e digital.

Participaram da assinatura do convênio o presidente interino da Casa, vereador Josué Martins Ferreira (Capitão Martins - PDT), o diretor Administrativo, Hélio Tavares, funcionários da casa, além do diretor de Planejamento e Fomento, Robson Gonçalves de Castro e do especialista em Informática da Subsecretaria de Planejamento e Fomento, Higino Brito Vieira, representando o programa.

Durante explanação, Robson de Castro destacou a importância da parceria com a Câmara de Maracanaú, afirmando ser uma das casas legislativas cearenses escolhida pelo Interlegis por preencher os critérios observados pelos técnicos para servir como uma das Unidades – Pólo do programa no Estado.

O presidente, Capitão Martins, ressaltou as qualidades do Interlegis afirmando ter visitado a sede, em Brasília. Martins disse estar feliz com a adesão e que a Câmara de Maracanaú só tem a ganhar com a parceria.

“Foi uma das decisões mais importantes tomadas por esta Casa e a Câmara de Maracanaú só tem a ganhar com esse processo de modernização oferecido pelo Interlegis”, salientou Martins parabenizando o Senado Federal pela criação de um programa tão importante para o progresso das casas legislativas brasileiras.

Além de Maracanaú, também receberam a visita de técnicos do Interlegis as câmaras municipais de Barro, Beberibe, Canindé, Cascavel, Caucaia, Coreaú, Hidrolândia, Itapipoca, Jaguaretama, Juazeiro do Norte, Quixadá, Sobral e Tauá.

 A economia de Maracanaú está centralizada fundamentalmente no setor industrial, já que está localizada no Distrito Industrial de Fortaleza.

A agricultura é também uma fonte de renda do município com paltações de algodão herbáceo sequeiro; plantas aromáticas e medicinais.

A arrecadação de Marancanaú é a segunda maior do Estado do Ceará, ficando atrás apenas da Cidade de Fortaleza.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.