CM de Piraí, RJ, assina com Interlegis adesão e convênio para a modernização

por Luiz Carlos Santana de Freitas — publicado 26/10/2010 11h33, última modificação 28/10/2010 10h37
CM de Piraí, RJ, assina com Interlegis adesão e convênio para a modernização

Vista aérea de Pìraí, RJ, que agora conta com o Interlegis - 26/10/10

Câmara Municipal de Piraí, no Rio de Janeiro, passa agora a contar com o apoio formal do Interlegis no esforço pela modernização dos seus serviços à população, tanto no aspecto da produção legislativa, quanto nos seus processos administrativos e de transparência da atividade parlamentar.

O Presidente da Casa, vereador Wilden Vieira da Silva, assinou, na manhã de 26 de outubro, os papéis referentes à adesão ao Interlegis e o convênio para a implantação do Projeto de Modernização Legislativa. O Interlegis estava representado pelo seu Diretor de Formação e Atendimento, James Carvalho.

O PML é uma iniciativa do Interlegis que reúne o que há de mais arrojado em termos de gestão pública, numa série organizada e planejada de ações, cujo objetivo principal é aprimorar o funcionamento das casas legislativas brasileiras.

Mesmo antes da formalização, a CM de Piraí utilizava alguns serviços desenvolvidos pelo Programa. Há cinco anos, já trabalha com o SAPL (Sistema de Apoio ao Processo Legislativo). Atualmente, está fazendo a transição do seu sítio na Internet para o Portal Modelo do Interlegis. 

Além disso, tem atuação de destaque no GITEC (Grupo Interlegis de Tecnologia), onde técnicos da área de informática em ambientes legislativos discutem as novidades e compartilham experiências. A Casa é representada no grupo pela responsável pela TI, Adriana Augusto Chaves.

Piraí, RJ

O Município de Piraí, na microrregião do Vale do Paraíba Fluminense no do Sul Fluminense, tinha em 2009 uma população estimada em 26.114 (IBGE). Segundo a Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), a cidade tem a melhor saúde e a terceira melhor educação do Estado, estando em 5º lugar entre as mais desenvolvidas cidades fluminenses, com base no Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM).