Paracatu recebe a exposição itinerante “Formação do Povo Mineiro”

por karinasoares — publicado 10/08/2010 09h58, última modificação 10/08/2010 10h00
A Câmara Municipal de Paracatu, em parceria com a Assembléia Legislativa de Minas Gerais, inaugura nessa quinta-feira, (12), a mostra "Formação do Povo Mineiro".


A iniciativa, que integra o projeto Exposição Itinerante, é coordenada pelo CEAC - Centro de Apoio às Câmaras da ALMG, com o apoio da Escola do Legislativo. A mostra ficará aberta à visitação até 27 de agosto, no saguão da Câmara de Paracatu, na região Noroeste de Minas (Praça Juscelino Kubitschek, 449).

A mostra "Formação do Povo Mineiro" foi concebida a partir de palestras realizadas em 2008, pelo programa Pensando em Minas, que reuniu seis especialistas em diferentes áreas de conhecimento. Eles discutiram os grandes temas e períodos que marcaram a história de Minas, do ponto de vista da constituição do seu povo e da formação do seu território, desde as últimas décadas do século XVII até a contemporaneidade.

A mostra é composta por seis painéis com ilustrações, informações, citações dos expositores e de autores diversos e um texto que orienta o leitor ao longo do percurso remontado. Além disso, a exposição conta com o painel temático "História, memória e sociedade: o papel das instituições públicas", que destaca a relevância do registro histórico na construção da identidade e na criação de oportunidades de acesso e envolvimento da comunidade.

As palestras serão apresentadas pelo doutor em História e coordenador do Núcleo de Estudos e Pesquisa da Escola do Legislativo da ALMG, Márcio Roberto Alves dos Santos, e pelo especialista em Administração e Relações Públicas da Assembleia Legislativa, Frederico Vieira. O painel será realizado no dia 12 de agosto, às 9h30, e não é necessário fazer inscrição.

A exposição agrega, ainda, o curso "Noções introdutórias de práticas arquivísticas", que será ministrado pelo arquivista da ALMG, Wendell Lopes de Assis. A atividade aborda formas de zelar pelos documentos públicos e busca contribuir com a campanha promovida pelo Conselho Nacional de Arquivos (Conarq), em parceria com o Conselho Estadual de Arquivos (CEA) e o Arquivo Público Mineiro, que objetiva sensibilizar os agentes da administração pública para a importância da criação, implantação e manutenção dos arquivos públicos municipais.

Essa edição do projeto "Exposição Itinerante" já visitou cinco municípios mineiros, de diferentes regiões do Estado: Pouso Alegre, Montes Claros, Capelinha, Patos de Minas e Arcos. Até o final do ano, a expectativa é de ter alcançado pelo menos um município de cada uma das 10 regiões de planejamento de Minas. O objetivo é estimular a reflexão sobre os principais movimentos que influenciaram a formação do Estado e promover ações de capacitação em arquivos institucionais e na memória das casas legislativas.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.