Interlegis renova parceria com Câmara Municipal de Cachoeiro do Itapemirim

por Câmara Municipal de Cachoeiro do Itapemirim — publicado 14/07/2010 19h29, última modificação 22/07/2010 11h29
Representantes do Programa Interlegis visitam a Câmara Municipal de Cachoeiro do Itapemirim/ES para a realização do diagnóstico


Representantes do Programa Interlegis visitaram a Câmara Municipal de Cachoeiro do Itapemirim de 05 a 09 de julho, para fazer um diagnóstico da Casa e propor um novo convênio do Legislativo municipal.

Luciana Mendes, especialista em Educação, e Petrônio Carvalho, diretor de tecnologia, acreditam que, em cerca de dois meses o resultado de sua avaliação será apresentado, na forma de um plano de trabalho que contemple todas as demandas da Câmara e as ações a serem executadas.

Os dois representantes do Interlegis foram recebidos pelo presidente da Casa, Professor David Lóss, e pelo chefe de informática, Thiago Athayde Viana. “Estamos abrindo as portas do Legislativo para a nova fase do programa. É um consenso entre os vereadores desta legislatura apoiar todas as iniciativas que nos tragam mais capacitação e profissionalização”, disse Professor David em uma reunião entre os representantes do Interlegis e os responsáveis pelos setores da Câmara. “Além disso, todas as ações e produtos disponibilizados pelo Interlegis são inteiramente gratuitos, sem nenhum custo para o Legislativo. É uma grande oportunidade”, afirmou o presidente.

Thiago lembra que a Câmara de Cachoeiro foi uma das primeiras do Brasil a aderir ao Interlegis, programa de integração e modernização do Legislativo brasileiro, criado e mantido há onze anos pelo Senado, utilizando recursos da União e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). “Na primeira fase, a Câmara ganhou vários equipamentos e programas, que ajudam a compor o sistema de tecnologia utilizado até hoje”, diz Thiago.

Agora, nesta nova fase denominada Interlegis II, a Tecnologia é apenas um dos quatro pilares em que o programa pretende investir. Além dela, estão em pauta a Capacitação (ensino presencial e à distância), Informação (divulgação de conhecimento legislativo e suporte à prática legislativa) e Comunicação (uso de internet e videoconferência entre as casas legislativas e com a comunidade).

Segundo a especialista em Educação Eliane, para que o Interlegis traga resultados rápidos no sentido de modernizar as casas legislativas, é necessário que haja comprometimento dos servidores e parlamentares. “É preciso ter foco nas realizações e o envolvimento de alguns funcionários chave”, explica. E, segundo Petrônio, também responsável pelo diagnóstico, a Câmara de Cachoeiro está pronta para se engajar novamente no projeto. “Vimos aqui muita competência, experiência e vontade entre os servidores. Além disso, há o apoio político do Presidente e dos demais vereadores. São condições muito favoráveis ao sucesso”, concluiu.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.