Interlegis e UnB se reúnem para reativar parceria

por barbosander — publicado 05/03/2010 18h42, última modificação 05/03/2010 19h28
Integrantes da Rede de Aprendizagem para o Desenvolvimento, da UnB visitam o Programa Interlegis para firmar a parceria com o objetivo de aumentar da rede de videoconferências

Atendendo ao convite dos integrantes do Interlegis na reunião realizada na UnB - Universidade de Brasília, os representantes da Rede de Aprendizagem para o Desenvolvimento (GDLN - Global Development Learning Network), Letícia Amaral e Bernardo Kipnis fizeram uma visita a sede do Programa , nesta sexta-feira (5) para firmar um acordo entre a universidade e o Interlegis, onde a rede de videoconferência do programa  se tornará internacional.

Segundo Letícia Amaral, gestora executiva do GDLN na capital brasileira, a rede está presente em mais de 80 países. “O acordo com o Interlegis vai nos possibilitar aumentar a nossa rede, estamos ligados por 120 pontos de vídeoconferrência espalhados por todo o mundo. E com o Interlegis passaremos a compartilhar pontos em todo o Brasil, através dos equipamentos disponíveis nas assembléias legislativas. Esse contrato vai ser bom tanto para o GDLN, quanto para o Interlegis, pois o programa fará as vídeoconferrências nacionais e o GDLN fará as internacionais”, diz Letícia.

 O coordenador nacional da rede e também professor da UnB, Bernardo Kipnis explica aos integrantes do Programa Interlegis que o projeto teria que ser sustentável. “Estamos tentando fazer algum edital que ajude a nos sustentar, e o Interlegis não pode nos ajudar financeiramente, pois o contrato do programa com o BID – Banco Interamericano de Desenvolvimento, não permite esse tipo de custo. Porém independentemente da ajuda, creio que a parceria seria bastante importante para ambos”, afirma o professor.

O projeto irá possibilitar a comunidade legislativa a participar de eventos, cursos, treinamento em todo o mundo através de equipamentos de videoconferências. Os temas das conferências serão definidos pelas Metas do Milênio, como empreendedorismo, educação, saúde, desenvolvimento rural, redução da pobreza, entre outros.

Para a gestora Letícia Amaral o Programa Interlegis é um parceiro fundamental do Brasil.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.