Interlegis e EcoCâmara firmam parceria para doação de livros

por barbosander — publicado 10/12/2009 15h09, última modificação 11/01/2010 15h13
Em conjunto com o Programa EcoCâmara, da Câmara dos Deputados, o Interlegis faz doação de publicações para casas legislativas.


O Programa Interlegis e o EcoCâmara, Núcleo de Meio Ambiente da Câmara Federal, firmaram parceria com a finalidade de doar livros para bibliotecas de assembléias estaduais e câmaras municipais, através do Projeto “Leitura Solidária”, com o objetivo de reduzir o desperdício de papel e ampliar o direito a informação.

 

A campanha teve início na Câmara Federal, onde são recolhidos diariamente dos 513 gabinetes parlamentares, todos os tipos de publicações como livros, revistas, jornais. Após o recolhimento, as doações passam por uma triagem, são catalogadas e separadas por assunto, tais como política, meio ambiente, economia, saúde, reforma tributária, entre outros. Segundo Jacimara Guerra Machado, assessora ambiental e uma das coordenadoras do projeto, a maior parte das doações chegam a ela em ótimo estado de conservação e possuem um grande valor informativo.

 

O Projeto Leitura Solidária montou um estande no II Encontro Nacional do Gitec, realizado entre os dias 7 e 9 de dezembro na sede do Projeto Interlegis em Brasília/DF, onde foram sorteados dez conjuntos de livros entre os participantes, e puderam pegar livros expostos no local. Segundo estimativa feita pela coordenadora Jacimara, no mínimo seis livros foram levados por servidores das casas legislativas de todo o Brasil no evento.

 

As câmaras municipais e assembléias estaduais que tiverem interesse em receber as publicações, devem encaminhar um ofício ao diretor executivo do Interlegis, José Alexandre Girão Mota da Silva. Nele terá que conter nome da casa legislativa, endereço para envio, telefone para contato e mencionar quais os temas de interesse da casa.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.