O pioneirismo de Israel Pinheiro

por divulgação/Interlegis — publicado 15/04/2008 11h53, última modificação 10/07/2008 10h05
Israel Pinheiro nascido na cidade de Caeté em 1896, foi um político brasileiro e primeiro prefeito da cidade de Brasília

Filho do estadista João Pinheiro da Silva, Israel Pinheiro nasceu na cidade de Caeté em Minas Gerais, em 4 de janeiro de 1896. Foi um político brasileiro, Presidente da "Companhia Urbanizadora da Nova Capital" (Novacap) e logo após a inauguração de Brasília, em 21 de abril de 1960, foi nomeado o primeiro Prefeito do Distrito Federal. Casou-se na cidade de Belo Horizonte, em 2 de fevereiro de 1924 com Coracy Uchoa, e teve nove filhos. Coracy era companheira dele nas viagens e encontros políticos.

 

Durante sua exemplar vida pública, exerceu múltiplas e variadas funções. Israel foi: Presidente da Câmara Municipal de Caeté, Diretor da "Companhia de Mineração Juca Vieira" e da "Usina de Tubos Centrifugados Barbará", Secretário da Agricultura, Viação e Obras Públicas e Secretário de Agricultura, Comércio Indústria e Trabalho de Minas Gerais; Presidente da Companhia do Vale do Rio Doce; Deputado Federal com destaque na Presidência da Comissão de Orçamento e Finanças da Câmara dos Deputados; Presidente da "Companhia Urbanizadora da Nova Capital" (Novacap); Prefeito do Distrito Federal e Governador do Estado de Minas Gerais.

 

O espírito empreendedor de Israel Pinheiro se revelou, de forma incomparável, durante a construção da Nova Capital do Brasil quando surgiu a expressão "espírito de Brasília", que Israel definiu como "tudo o que há de contrário ao derrotismo sistemático".

 

No dia 6 de julho de 1973, aos 77 anos, faleceu vítima de angina pectoris. Seu corpo foi velado no saguão do Palácio da Liberdade e levado a Caeté, onde foi sepultado ao lado do pai, João Pinheiro.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.