Interlegis recebe as Câmaras Municipais de Camaragibe (PE), Tauá (CE) e Miguel Calmon (BA)

por Brenda Ortiz, Guilherme Guedes e Stella Sarmento — publicado 16/04/2008 13h55, última modificação 17/04/2008 09h37
O procurador-geral da Câmara Municipal de Camaragibe, Pedro Augusto de Melo, o presidente da Câmara Municipal de Tauá, Agenor Cavalcanti Mota, e o presidente da Câmara municipal de Miguel Calmon, Marcelo Souza Brito, visitaram a sede do programa nesta quarta-feira (16)

O procurador-geral da Câmara Municipal de Camaragibe, Pedro Augusto de Melo, visitou a sede do Programa Interlegis na última quarta-feira (16). "É um projeto de grande importância para o Poder Legislativo brasileiro", disse o procurador sobre o Projeto de Modernização do qual a câmara participa. O projeto do Programa Interlegis oferece um pacote de modernização a câmaras-pólo previamente selecionadas.

Segundo Melo, a modernização da casa promoveu transparência e agilidade nos trabalhos legislativos. Hoje, todos os gabinetes são informatizados, e o projeto proporcionou o primeiro contato de vários parlamentares com um computador. As sessões hoje são gravadas em CD, ao contrário de antes, que ficavam sujeitas à deterioração em fitas VHS", afirmou.

O presidente da Câmara Municipal de Tauá-CE e diretor financeiro da União dos Vereadores e Câmaras do Ceará (UVC), Agenor Cavalcanti Mota e o assessor da Câmara Municipal de Aquiraz, Antônio Kerty, também estiveram, nesta quarta-feira (16), na sede do Programa Interlegis para conhecer melhor sobre os produtos oferecidos pelo Saberes.

A Câmara Municipal de Tauá já está conveniada ao Interlegis, e querendo intensificar essa relação o presidente Agenor Mota, veio em busca de implantar os serviços do Saberes na câmara e demonstrar o interesse em fazer parte do Projeto Piloto de Modernização (PPM), esperando assim, uma resposta positiva do Interlegis em ajudá-los.

Durante a tarde, o presidente da Câmara Municipal de Miguel Calmon (BA), Marcelo Souza Brito, também esteve na sede do Interlegis. Ele disse estar interessado em uma parceria para a capacitação dos parlamentares da câmara. "É preciso mostrar para o vereador o seu verdadeiro papel, para que ele possa desempenhar um trabalho mais competente", concluiu.

A Câmara Municipal de Miguel Calmon já aderiu ao Programa Interlegis.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.