Arca das Letras: um incentivo à leitura às comunidades rurais

por divulgação/Interlegis — publicado 11/04/2008 11h48, última modificação 10/07/2008 10h03
Fabricadas de madeira em marcenarias de penitenciárias por trabalhadores sentenciados, que recebem bolsas de trabalho para reduzirem suas penas, a Arca das Letras é um Programa de Bibliotecas Rurais criada para incentivar a leitura e facilitar o acesso aos livros em assentamentos, comunidades de agricultura familiar e de remanescentes de quilombos

O Programa de Bibliotecas Rurais Arca das Letras foi criado em 2003 pela Secretaria de Reordenamento Agrário do Ministério do Desenvolvimento Agrário com o objetivo de incentivar a leitura e facilitar o acesso aos livros em assentamentos, comunidades de agricultura familiar e de remanescentes de quilombos.

O Programa articula ações dos Ministérios da Educação, da Cultura, da Justiça, bem como de outras esferas públicas e privadas, integra recursos dos estados e municípios a fim de criar condições adequadas para a implantação das bibliotecas, e reúne esforços dos movimentos sociais e de órgãos não-governamentais, que colaboram para a chegada do programa às diversas regiões do País.

Cada biblioteca é fabricada em madeira e tem cerca de 220 títulos obtidos por doação, entre literatura infantil, literatura para jovens e adultos, livros didáticos, de pesquisa e técnicos (sobre cidadania, saúde, agricultura), incluindo assuntos de interesse das populações rurais em suas realidades específicas.

Com isso, a Arca das Letras vem promovendo a educação, a cultura, o trabalho e o entretenimento entre as populações do campo, contribuindo para o desenvolvimento humano no mundo rural. São os próprios moradores que indicam o local de sua instalação, os assuntos de seu interesse e seus Agentes de Leitura, voluntários que são responsáveis pelo empréstimo dos livros e pelo incentivo à leitura na comunidade.

O Programa Arca das Letras foi estendido e conta agora também com o Projeto Bibliotecas Famílias, que têm como objetivo disponibilizar acervos para as Escolas Famílias Agrícolas e Casas Familiares Rurais, em parceria com a União Nacional das Escolas Famílias Agrícolas do Brasil (UNEFAB) e Rede de Centros de Formação que aplicam a Pedagogia da Alternância, (CEFFAs).

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.