Senado debate Brasil

por monicaco — publicado 28/11/2007 16h51, última modificação 28/11/2007 17h04
Acontece nos dias 28 e 29, no auditório Petronio Portella o 3º Fórum Senado Debate Brasil. A abertura contou com a presença do presidente interino do Senado, Tião Viana. Assista por videostreaming, clicando no link dentro da matéria

Assista aqui por videostreaming


Foi aberto nesta quarta-feira (28) o 3º Forum Senado Debate Brasil. A solenidade de abertura contou com a presença do presidente interino do Senado, Tião Viana, o representante das Nações Unidas, Vincent Defourny, além de convidados, parlamentares e interessados que se inscreveram.

Em seu discurso o senador Pedro Simon disse que o forum é "um marco divisório no nosso tempo" e que será um "capítulo importante pelo fim da banalização da vida e pelo resgate do verdadeiro conceito da humanidade, que propiciará uma mudança de valores, de atitudes e de referências". disse.

Ao inaugurar os trabalhos do 3º Fórum Senado Debate Brasil, o presidente interino da Casa, Tião Viana, definiu o evento como uma importante contribuição para a união de esforços destinados a proteger a criança. Este ano, o fórum discute as políticas para a primeira infância. Referindo-se às crianças que nascem diariamente sem a perspectiva de uma vida saudável, o senador indagou:

- Desses milhões de crianças que saem desse mundo encantado, que é o útero, quantas são acolhidas de fato com amor, com carinho e com afeto?

Tião Viana disse que, se o Brasil não se devotar a uma agenda objetiva que garanta a proteção da criança, a sociedade "terá muitas lágrimas a chorar sobre o leite derramado". - E o leite derramado é a tragédia da violência, dos traumas que causam comoção, como vemos nos hospitais, com as radiografias que revelam fraturas sofridas por crianças ao enfrentarem em casa as primeiras manifestações de violência - destacou.

Em sua palestra o pediatra e neonatologista Laurista Corrêa Filho apresentou os estudos dos fatores que determinam e influenciam a formação cognitiva da criança quando ela ainda está na barriga da mãe. "É inútil tentarmos compreender distúrbios no sono e até comportamentais sem analisarmos a dimensão inter-relacional do indivíduo". concluiu o médico

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.