Interlegis: dez anos integrando e modernizando o legislativo brasileiro

por Mônica Cocus — publicado 07/11/2007 18h39, última modificação 12/11/2007 10h44
Interlegis comemorou seus dez anos de criação com vários eventos entre eles uma sessão especial do Senado. Na parte da tarde foi nomeado o auditório do programa que passa a se chamar "Auditório Senador Antonio Carlos Magalhães"

veja o album de fotos dos 10 anos



Os 10 anos do programa Interlegis foram comemorados nesta quarta-feira (07) com vários eventos, entre eles uma sessão especial do Senado e a nomeação do auditório que passa a se chamar "Auditório Senador Antonio Carlos Magalhães"


A sessão especial foi presidida pelo primeiro secretário do Senado e diretor nacional do Programa Interlegis, Efraim Morais, que destacou o pioneirismo do programa ,"a implantação do Interlegis, a partir de idéia nascida e fertilizada no próprio Senado, com o apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento, tornou-se fundamental para que as diversas instâncias do Poder Legislativo nacional conseguissem dar início a um processo de identificação e qualificação dos mínimos denominadores comuns possíveis de sua atuação, em benefício do País"..


Em seguida, o senador Expedito Júnior também parabenizou o Interlegis, que "vem se firmando como efetivo ponta de lança nas atividades parlamentares”. O senador José Nery subiu à tribuna e saudou os idealizadores e funcionários do Programa Interlegis “Desejo todo o sucesso ao Programa a fim de que mais legisladores e servidores venham a ter acesso aos recursos do disponibilizados”, concluiu.

As comemorações continuaram à tarde com a nomeação do auditório da sede que passa a se chamar "Auditório Senador Antonio Carlos Magalhães", que encampou a idéia de criação do Interlegis quando presidente do Senado Federal.


A cerimônia contou com a presença do Presidente interino do Senado Federal, o senador Tião Viana, do 1º Secretário do Senado e Diretor Nacional do Programa Interlegis, Efraim Morais, dos senadores Antônio Carlos Magalhães Júnior, Expedito Júnior, Marco Maciel e José Agripino, além do deputado ACM Neto, do Diretor-geral do Senado, Agaciel Maia, e do Diretor da Secretaria Especial do Interlegis, Márcio Sampaio.

O senador Expedito Júnior, que apresentou o projeto de nomeação, foi o primeiro a falar, e destacou a dupla satisfação que teve ao trabalhar tanto com Antônio Carlos Magalhães quanto com seu filho, o deputado Luís Eduardo Magalhães, falecido em 1998. Expedito ainda afirmou que "gostaria de ser para o seu estado o que o senador ACM foi para a Bahia". O senador então se juntou ao senador Efraim Morais, e juntos descerraram a placa do Auditório Senador Antônio Carlos Magalhães.

Em seguida, fez o uso da palavra o senador Antônio Carlos Magalhães Júnior, que agradeceu a homenagem em nome de toda a sua família. Emocionado, ACM Júnior ressaltou a fé que o pai possuia nos objetivos do Interlegis. “ACM sabia dos benefícios que o Interlegis iria proporcionar às câmaras municipais Brasil afora”, afirmou.

Na ocasião foi lançada a Biblioteca Básica. Os primeiros a receber foram o presidente da Câmara Municipal de Vassouras, Renan Vinicius e de Novo Airão, Argemiro Vinhote


- Visionário, ACM tinha noção da urgente necessidade do Programa Interlegis. Hoje, vemos quão acertada foi tal empreitada”, disse o presidente interino do Senado Federal, Tião Viana, no encerramento da solenidade.

Mais homenagens


 Na sessão ordinária do Senado , à tarde, o senador Efraim , em seu discurso

destacou os resultados do Interlegis  e o legado deixado pelo senador Antonio Carlos Magalhães. Elogiou a iniciativa do senador Expedito Júnior pela proposta de nomear o auditório do programa como "Auditório Senador Antonio Carlos Magalhães.

O diretor nacional do Programa Interlegis e primeiro secretário do Senado foi bastante aparteado, todos elogiando a iniciativa de homenagear o senador

Antonio Carlos Magalhães, e o sucesso do Programa Interlegis


Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.