Câmara Municipal de Florianópolis (SC) tem sessão itinerante

por Diário Catarinense com alterações de Guilherme Guedes — publicado 25/09/2007 10h42, última modificação 25/09/2007 10h52
Projeto busca a aproximação entre o Poder Legislativo e os cidadãos que não podem acompanhar as sessões na sede da câmara

A Câmara de Vereadores de Florianópolis inicia, na terça-feira (25), um projeto pioneiro que tem como principal objetivo aproximar o legislativo municipal dos moradores que não podem acompanhar as sessões na sede do órgão, no centro da cidade.

Até o final de novembro estão programadas quatro sessões, três no interior da Ilha e uma no Bairro Estreito, na parte continental do município. Além de realizar os trabalhos de uma sessão comum, os vereadores disponibilizarão aos moradores uma hora e meia para manifestações.

A primeira sessão itinerante acontece hoje, na sede da Academia da Polícia Civil (Acadepol), em Canasvieiras, Norte da Ilha. Os trabalhos serão abertos às 19h, horário regimental, e não poderão passar da meia-noite.

- Queremos aproximar ainda mais a Câmara da população e dar oportunidade para que os moradores que não podem vir até o Centro participem das sessões, opinando e reivindicando diretamente para nós (vereadores) - afirmou o presidente da Casa, o vereador Ptolomeu Bittencourt Júnior.

Depois de Canasvieiras será a vez da Lagoa da Conceição, Rio Tavares e Estreito receberem a sessão itinerante. Em todas, o microfone será aberto para os moradores que comparecerem. A TV Câmara local vai transmitir as sessões ao vivo.


Programação:

25/09 - Academia da Polícia Civil, em Canasvieiras, Norte da Ilha
09/10 - Rua Henrique Veras do Nascimento, nº 350, Lagoa da Conceição
30/10 - Conselho Comunitário do Rio Tavares, SC-405, nº 480
20/11 - Clube Seis de Janeiro, Bairro Estreito

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.