Proposta denomina "Senador Antônio Carlos Magalhães" o auditório do Interlegis

por guilhermeguedes — publicado 31/08/2007 12h40, última modificação 06/09/2007 11h56
Projeto de resolução do senador Expedito Júnior homenageia o senador baiano, falecido no último dia 20 de julho, presidente do Senado na criação do Programa Interlegis, em 1997

O projeto de resolução (PRS 42/07) apresentado no último dia 07 de agosto pelo senador Expedito Júnior propõe denominar "Senador Antônio Carlos Magalhães" o auditório do Programa Interlegis. O objetivo do projeto, segundo a justificação do senador, é homenagear o recém falecido senador baiano, nome de destaque na história política nacional e presidente do Senado Federal quando da criação do Programa Interlegis, em 1997.

O interesse de Antônio Carlos Magalhães pelo Interlegis surgiu quando o programa era apenas um projeto do Centro de Informática e Processamento de Dados do Senado Federal (Prodasen), e foi o responsável pelas primeiras tentativas de obter financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), visando a viabilização do Programa Interlegis. Segundo o senador Expedito Júnior, ACM via o Interlegis como "uma resposta à necessidade de melhor articulação interna do Poder Legislativo". O senador ainda afirmou que a "concretização [do Programa Interlegis] somente foi possível graças à ousadia, ao empenho pessoal e à visão política moderna" de ACM.

O projeto foi posto em pauta na Comissão de Educação (CE), onde deve ser votado nos próximos dias. Sendo aprovado, o projeto será encaminhado para votação no plenário do Senado.

carrefilho
carrefilho disse:
03/09/2007 12h04

Nada mais justo. O projeto de resolução em homenagem ao ex-senador Antonio Carlos Magalhães, dar seu nome ao auditório do Interlegis, representa o reconhecimento a quem se empenhou na idealização de expansão desse projeto que hoje, sem dúvida, representa um avanço na interação entre as instituições legislativas e a população, trazendo-lhes informação e formação sob todos os aspectos necessários à participação cidadã. Parabenizo ao autor do projeto, o senador Expedito Junior.

Hermes Carreira

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.