Diretor nacional do Interlegis e especialista do BID discutem a votação do empréstimo para a nova fase do programa

por Guilherme Guedes — publicado 29/08/2007 14h09, última modificação 30/08/2007 09h55
Em reunião nesta quarta-feira (29), o primeiro secretário do Senado e diretor nacional do Interlegis, senador Efraim Morais, e o especialista do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para o Interlegis, Jose Navia, discutiram a votação do empréstimo para dar início à nova fase do programa

Em reunião realizada nesta quarta-feira (29), o primeiro-secretário do Senado Federal e diretor nacional do Programa Interlegis, Efraim Morais, o especialista do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) em Modernização do Estado, José Navia, e o diretor da Secretaria Especial do Interlegis, Márcio Sampaio, discutiram o estado atual do projeto da segunda etapa do Programa Interlegis, o "Interlegis II", que repete a parceria realizada na primeira etapa do programa, entre o BID e o Senado Federal. O projeto de investimento foi aprovado pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) no último dia 14, e a aprovação do empréstimo aguarda votação no Plenário do Senado, onde a matéria  tramita em caráter de urgência.

Segundo o senador Efraim Morais, a expectativa é de que o investimento seja aprovado até o final de setembro. Sobre a segunda fase do programa, Efraim afirmou que a intenção é levar as realizações do Interlegis a todos os municípios brasileiros. O senador destacou os objetivos da segunda etapa do programa, que estenderá as ações da primeira, com ênfase na oferta de condições para a realização de um trabalho transparente e fiscalizador. "Queremos concluir o processo de participação, a modernização e, acima de tudo, a valorização desse poder que eu entendo ser a viga mestre da democracia, o poder legislativo", disse.

O representante do BID, José Navia,  também relevou a expectativa de atingir todos os municípios brasileiros. Segundo Navia, isso possibilitaria a adoção, por todos os vereadores, de técnicas que contribuem para a eficácia dos processos legislativos, além de fortalecer a união dos municípios através da comunidade formada pelo Programa Interlegis. O José Navia afirmou esperar a conclusão da segunda etapa em um período máximo de 2 anos após sua instalação.

Interlegis I

Efraim e Navia ressaltaram a superação das expectativas para a primeira etapa do Interlegis. Em conversa com o Portal Interlegis, o senador Romeu Tuma, Corregedor do Senado Federal e ex-diretor nacional do Programa Interlegis, registrou a importância do Interlegis para o poder legislativo. "O Interlegis tem um valor inestimável", afirmou o senador, ao destacar que o trabalho do programa beneficia não só o Poder Legislativo, mas a sociedade brasileira ao todo. "Nós temos que lutar pelo público interno sem esquecer do externo", disse.


Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.