Videoconferência para discutir segurança, cooperativismo e micro e pequenas empresas

por monicaco — publicado 28/03/2007 16h05, última modificação 28/03/2007 16h10
O Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social - CDES, da Presidência da República, e o Conselho Nacional de Economia e Lavoro da Itália - CNEL , através de videoconferência, instalarão dois grupos de trabalho bipartites que tratarão de assuntos ligados a Segurança Pública e Criminalidade e Micro e Pequenas Empresas e Cooperativismo, definidos em reuniões preparatórias como agendas comuns. Para assistir por videostreaming, clique no link dentro da matéria

Assista aqui por videostreaming


O Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social - CDES, da Presidência da República, e o Conselho Nacional de Economia e Lavoro da Itália - CNEL , através de videoconferência, instalarão dois grupos de trabalho bipartites que tratarão de assuntos ligados a Segurança Pública e Criminalidade e Micro e Pequenas Empresas e Cooperativismo, definidos em reuniões preparatórias como agendas comuns.

A reunião de instalação dos grupos de trabalho ocorrerá no dia 29/03/2007, de 9h00 às 13h00, no Interlegis, situado na Via N2, Anexo E do Senado Federal, em Brasília, e em Roma (CNEL).

Completando quatro anos de existência, o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social - CDES, da Presidência da República, experimenta a maturação do diálogo social democrático e plural entre os diferentes atores que o integram e os que integram outras instituições nacionais e internacionais.

A política de relações do CDES com conselhos econômicos e sociais de outros países resultou, nesses anos, no estabelecimento de acordos bilaterais com o objetivo de contribuir para o debate, aprendizagem e aperfeiçoamento do diálogo social enquanto instrumento para o desenvolvimento e democracia. Um desses acordos foi estabelecido entre o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social - CDES e Conselho Nacional de Economia e Lavoro da Itália - CNEL com a finalidade de estabelecer cooperação técnica e operacional por meio de eventos conjuntos em temas de interesse comum.

Nos documentos "Agenda Nacional de Desenvolvimento" e "Enunciados Estratégicos para o Desenvolvimento", o CDES manifesta os principais desafios e as proposições orientadoras para políticas de desenvolvimento, entre elas, aquelas relacionadas ao fortalecimento das micro e pequenas empresas e cooperativismo, e à segurança pública e criminalidade. No caso da necessidade de formalização e apoio ao desenvolvimento das micro e pequenas empresas e cooperativismo, o CDES constituiu um grupo de trabalho que muito contribuiu para a elaboração da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas, sancionada em 2006.


Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.