Câmara de Cristalina (GO) pode integrar Projeto Piloto de Modernização

por Dôra Nunes — publicado 01/03/2007 10h16, última modificação 01/03/2007 10h16
Técnicos do Interlegis apresentaram aos parlamentares da Câmara Municipal de Cristalina, a 120 km de Brasília, os benefícios que o Projeto Piloto de Modernização (PPM) poderá trazer para a Casa. Após a apresentação, parlamentares manifestaram grande interesse em assinar o termo de adesão

Os técnicos do Projeto Piloto de Modernização do Programa Interlegis estiveram nesta terça-feira (27) na Câmara Municipal de Cristalina para explicar como o PPM pode ajudar no desenvolvimento das áreas de tecnologia, informação, capacitação e comunicação da Casa. Com representantes de cada uma dessas áreas temáticas do PPM, os parlamentares de Cristalina puderam esclarecer dúvidas e conhecer como será o processo de implantação do Projeto na Câmara.

 

A abertura da reunião foi feita por Francisco Etelvino Biondo, coordenador da missão em Cristalina  e representante do diretor do Interlegis, Marcio Sampaio Marques. Biondo disse que “o PPM privilegia a Câmara de Vereadores em sua individualidade, na medida em que é elaborado um planejamento diferente para cada uma delas, respeitando sua cultura e características próprias”. A abertura foi seguida de apresentação do responsável pela área de capacitação, Maurício Silva, que falou sobre o trabalho desenvolvido pelo Interlegis desde sua criação, da Rede Nacional Interlegis (RNI) – que conta com a participação de mais de 4 mil Câmaras Municipais, além de Assembléias Estaduais, Senado Federal, Câmara dos Deputados e Tribunal de Contas da União – e objetivos do PPM.

 

Espaço do Parlamentar - O presidente da Câmara, Marquinho Abrão (PPS), agradeceu a visita dizendo que “o Interlegis trouxe um grande ensinamento e as Câmaras só têm a ganhar”. O presidente falou do interesse em ser um dos 100 municípios que fazem parte do PPM, garantindo a participação da Câmara Municipal de Cristalina. Abrão agradeceu também à iniciativa do Programa Interlegis em criar uma sala de parlamentares, que deverá ser inaugurada em 14 de março próximo, na sede do Programa em Brasília. “Nós precisamos desse ponto de apoio, principalmente porque cidades como Cristalina, pela proximidade, têm Brasília como referência e não a capital de Goiás”, acrescentou.

 

Dora Nunes

Responsável pela área temática de Comunicação do PPM

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.