Câmara testa urnas eletrônicas para eleição

por Agência Câmara — publicado 26/01/2007 16h40, última modificação 26/01/2007 16h40
Urnas eletrônicas serão usadas na eleição da nova Mesa diretora da Câmara dos Deputados

Secretaria Geral da Câmara dos Deputados fez nesta quarta-feira (24) teste com as urnas eletrônicas que serão usadas na eleição da nova Mesa diretora da Casa. As urnas eletrônicas serão usadas pela primeira vez em uma eleição da Mesa da Câmara. Até agora, a escolha dos integrantes da Mesa era feita por meio de cédulas de papel.

Haverá oito urnas eletrônicas no plenário, em cabines indevassáveis. Os equipamentos foram desenvolvidos pela Coordenação do Sistema Eletrônico de Votação da Câmara, que é responsável pela manutenção do painel eletrônico. A estimativa da Secretaria-Geral da Mesa é que o pleito esteja encerrado em três ou quatro horas, se não houver segundo turno. As votações pelo método anterior demoravam de oito a dez horas.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.