Athos Bulcão: o cidadão de Brasília

por monicaco — publicado 23/01/2007 15h35, última modificação 23/01/2007 15h43
A obra de Athos Bulcão não está essencialmente nos museus, está espalhada pelos murais e momumentos de Brasília. Está no Executivo, Legislativo e Judiciário, basta passear que todos podem ver o olhar do artista

Athos Bulcão nasceu no Rio de Janeiro em 2 de julho de 1918, mais exatamente no bairro do Catete.

Na família , Athos Bulcão já respirava arte, ia sempre a concertos, teatros. Aos quatro anos ouvia o cantor lírico Enrico Caruso, no seu gramafone e já ensaiava os primeiros desenhos sem que os familiares percebessem.

Aos 21 anos é apresentado a Cândido Portinari, com quem trabalhou como assistente no Mural de São Francisco de Assis, na Pampulha.

A trajetória de Athos Bulcão é especialmente consagrada ao público em geral. Não ao que freqüenta museus e galerias, mas ao que entra acidentalmente em contato com sua obra, quando passa para ir ao trabalho, à escola ou simplesmente passeia pela cidade, impregnada pela sua obra , que “realça” o concreto da arquitetura de Brasília.

Em 1997, o artista recebe o título de Cidadão Honorário de Brasília, da Câmara Legislativa do Distrito Federal.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.