Interlegis quer saber qual o principal problema a ser enfrentado pelos candidatos a cargos eletivos

por Agência Senado/Mônica Cocus — publicado 19/09/2006 18h55, última modificação 20/09/2006 17h11
"Qual é o primeiro problema a ser analisado pelo eleito assim que tomar posse?". Esse é o tema da pesquisa que está sendo realizada pelo Interlegis para apurar quais são, na opinião dos internautas, as principais questões a que devem se dedicar

Qual é o primeiro problema a ser analisado pelo eleito assim que tomar posse?". Esse é o tema da pesquisa que está sendo realizada pelo Interlegis para apurar quais são, na opinião dos internautas, as principais questões a que devem se dedicar primeiramente os candidatos a cargos eletivos que serão escolhidos no próximo dia 1º de outubro, a exemplo do presidente da República e de governadores, senadores e deputados. A pesquisa, que teve início no último dia 12, pode ser acessada a partir do item Interatividade, no sítio do Interlegis (www.interlegis.gov.br).

O internauta poderá escolher três respostas entre as seguintes opções oferecidas pela pesquisa: segurança, moradia, educação, saúde, emprego ou nenhum destes. Se a pessoa votar mais de uma vez, a antiga opção será substituída automaticamente pela nova escolha. Até o presente momento, o item educação lidera a pesquisa com 33,33% dos votos, seguido de segurança (26,67%), saúde (20%), emprego (16,67%) e moradia, com 3,33%.

O diretor técnico do Programa Interlegis, José Dantas, lembrou que as enquetes disponibilizadas no portal são sempre voltados para o público alvo do programa e que com a enquete pode se mensurar as necessidades da população das cidades e saber o  que elas querem que os candidatos ao governo do estado ou mesmo as assembléias pretendem fazer prioritariamente assim que assumirem seus mandatos.

E informou que com as respostas será  feito um estudo para dimensionar a importância e quais os maiores problemas enfrentados pela população

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.