Projeto Piloto de Modernização segue com diagnósticos em Câmaras no Nordeste do Brasil

por doranunes — publicado 29/08/2006 15h08, última modificação 29/08/2006 15h10
Missão do Interlegis visita Câmaras municipais brasileiras para dar continuidade à realização dos diagnósticos iniciados no primeiro semestre e recebe homenagem em Mossoró (RN)

Técnicos do Programa Interlegis estão outra vez circulando o Brasil para realizar os diagnósticos para a implementação do Projeto Piloto de Modernização (PPM) de 700 Câmaras municipais. Os diagnósticos testarão modelos de metodologia a serem implementadas, de acordo com o coordenador do Projeto, Luiz Alberto Grande. “As 700 Casas receberão do Senado Federal, por meio do Interlegis, investimentos da ordem de 100 mil reais cada uma”. Nesta terça-feira (29), em Mossoró, os técnicos receberam do presidente da Câmara Municipal, Júnior Escossia (PFL), uma moção em homenagem ao Interlegis, pelo trabalho já realizado naquela Casa.

 

Além do coordenador do PPM, participam da missão técnica, a coordenadora de pesquisas do Interlegis, Telma Venturelli e o consultor Armando Nascimento.  Desta vez, os municípios que recebem o Interlegis são Mossoró (RN), São Mamede (PB), na quarta-feira (30) e Arapiraca (AL), quinta-feira (31). Durante as visitas, os técnicos vão avaliar a infra-estrutura   tecnológica  das  Câmaras Municipais, além das áreas de informação, educação e comunicação.

 

Diagnóstico concluído, a fase seguinte é o desenvolvimento de projetos específicos com soluções para cada Casa. Conforme o modelo de modernização, serão desenvolvidos planos de ações em infra-estrutura, tecnologia legislativa e de informação, educação e comunicação. “Esse ‘pacote tecnológico’ vai incrementar a utilização das melhores práticas em cada uma das áreas para implementação nas Casas”, acrescentou Luiz Alberto.

 

De acordo com Luiz Alberto, no primeiro semestre de 2006, 93 dos 100 municípios escolhidos inicialmente foram contatados e 81 já estão com os convênios assinados. “Os 12 restantes não participaram das reuniões e vamos estudar caso a caso para efetivar os convênios”. Os equipamentos foram entregues a 45 municípios, dos quais 20 já foram fisicamente instalados. A expectativa é de que ainda no segundo semestre sejam implantados também os produtos de comunicação e capacitação.

 

O PPM – Foram escolhidos 100 municípios no Brasil para a implantação do Projeto Piloto de Modernização. “Estes 100 municípios precisam oferecer condições mínimas de trabalho para que seja feito um plano de avaliação e aplicação”, ressalta José Dantas Filho, diretor da Subsecretaria de Planejamento e Fomento do Interlegis (SSPLF). Além da implantação da tecnologia, a Câmara recebe no pacote de modernização uma rede de computadores com até 2 servidores e 6 micros, um telefone IP, ou seja, via internet, uma impressora a laser e equipamentos de segurança e proteção para a rede. “Vamos disponibilizar também programas como Linux, OpenOffice e todos os sistemas organizacionais desenvolvidos pelo Interlegis, como SAPL, SAAP e o Portal Modelo ”, explicou Luiz Alberto Grande.

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.