O Uso da Internet pela Câmara Municipal de Fortaleza

por cavalcante — publicado 08/08/2006 21h17, última modificação 11/08/2006 16h19
Desde 1997 a Casa utiliza a Rede Mundial de Computadores – Internet para divulgação de seus trabalhos Legislativos. Utilizando-se de recursos simples e de baixo custo, conseguimos transmitir as Sessões Plenárias, ao vivo, garantindo ao internauta a possibilidade de acompanhar o dia a dia do seu parlamentar

Desde 1997 a Casa utiliza a Rede Mundial de Computadores – Internet para divulgação de seus trabalhos Legislativos. Utilizando-se de recursos simples e de baixo custo, conseguimos transmitir as Sessões Plenárias, ao vivo, garantindo ao internauta a possibilidade de acompanhar o dia a dia do seu parlamentar.

O Inicio: Em uma mudança no Plenário da antiga sede, decidiu-se a recolocação física da equipe de apoio ao plenário, taquigrafia e anais, construindo-se uma separação através de uma divisória. Isso ocasionou a dificuldade no acompanhamento das sessões por esta equipe, que foi solucionado com a colocação de um sistema de circuito fechado de tv. Era um sistema simples que possuía 3 (três) câmeras de vídeo com temporizador e o áudio era captado através da mesa de som do plenário.

 

A Inovação: partindo do equipamento já instalado, em reunião com a presidência da casa, sugeri a compra de um computador com placa de captura de vídeo para transmissão das sessões pela Internet.

 

Primeiro Seminário Interlegis e IV ENIAL – Encontro Nacional de Informática Aplicada ao Legislativo, em Salvador: tendo a casa sido selecionada para mostrar seus sistemas informatizados, fomos instalados em uma sala de conferência onde tínhamos um Computador ligado a Internet, um Projetor ligado ao Computador em um mini-auditório, em conjunto com diversas Casas Legislativas, como as de Sergipe, Rio de Janeiro, entre outras. Todas estas casas estavam mostrando os softwares desenvolvidos e em uso pelas mesmas, decidimos então colocar no telão a sessão plenária, ao vivo, que estava ocorrendo naquele momento em Fortaleza. Todos ali presentes ficarão abismados e muitos não acreditavam ser uma transmissão ao vivo de Fortaleza a Salvador. Em uma ligação telefônica, através de meu celular, comuniquei que a sessão estava sendo assistida no auditório do centro de convenções de salvador, e o nosso presidente, na época, Vereador José Maria Couto, parabenizou os presentes, o que ficou registrado para a historia de Fortaleza nos anais desta casa legislativa.

 

O Custo: com o circuito fechado de tv que já havia sido adquirido, tivemos a compra de um Microcomputador, o uso do link de 64 Kbps e o software Windows Media Server da Microsoft (Gratuito).

 

Hoje: A Casa possui a Tv Fortaleza, que é transmitida pela rede de tv a cabo net de nossa cidade, através do canal 6, e continuamos captando o sinal diretamente dos estúdios da tv e disponibilizado toda a programação pela Internet através de nosso site www.cmfor.ce.gov.br   

 

Sugestões ao Interlegis: Em reunião com o representante do Interlegis e do Bid, em Fortaleza, sugeri que as Casas Legislativas do pais fossem dotadas de circuitos fechados de tv e microcomputador com placa de captura de vídeo para transmissão das sessões pela Internet, utilizando os equipamentos da Sede do Interlegis, no recebimento e disponibilização do sinal de áudio e vídeo para o Brasil e o Mundo pela Internet. Um Projeto de Baixo Custo e de fundamental importância para mostrar as ações legislativas ao Povo Brasileiro.

Fica anotada mais esta sugestão;

 

Por Francisco Cavalcante – Administrador de Redes da CMF / Operador Interlegis.

Administração_redes@cmfor.ce.gov.br

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.