CPCM debate Parlamento do Mercosul e questões de fronteira em Porto Alegre

por monicaco — publicado 30/08/2006 11h53, última modificação 30/08/2006 17h29
Seminário e audiência pública acontecem nesta quinta-feira (31), em Porto Alegre. Audiência sobre questões de fronteira será transmitida por vídeoconferência para as assembléias dos estados fronteiriços e por videostreaming pelo portal Interlegis. Para assistir, basta clicar no link dentro da matéria

Assista aqui por videostreaming



A Comissão Parlamentar Conjunta do Mercosul (CPCM) realiza reunião em Porto Alegre, RS, nos próximos dias 30 e 31 de agosto e 1º de setembro. Participam da reunião os representantes das Comissões do Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai e Venezuela.

 

O evento ainda terá a participação de autoridades estaduais e federais, representantes da sociedade civil e técnicos da área. O evento acontecerá nas dependências da Assembléia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul.

 

O encontro contará com uma audiência pública - "Questões Fronteiriças no Mercosul" - sobre questões de fronteira no âmbito do bloco e um seminário - "Parlamento do Mercosul: aspectos jurídicos e institucionais" - debaterá os aspectos jurídicos e institucionais do Parlamento do Mercosul. O seminário acontecerá às 10h30, e a audiência pública às 15 horas, ambas nas dependências da Assembléia Legislativa.

 

A audiência pública contará com a participação de representantes da Associação de Intendentes dos Municípios da Zona de Fronteira, da Polícia Federal, da Receita Federal e do Ministério da Justiça.

 

Em parceria com o Interlegis, órgão do Senado Federal, e as Assembléias Estaduais, a audiência pública será transmitida por vídeo conferência para os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Rondônia, Roraima, Pará, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, 

 

O seminário terá participação da OAB, do senador Pedro Simon, vice-presidente da CPCM, e técnicos.

 

Para o senador Sérgio Zambiasi, presidente Pro Tempore da CPCM, "é fundamental debater e buscar soluções para os problemas de fronteira que, em grande parte, atingem diretamente o cotidiano de milhares de cidadãos". É a primeira reunião da CPCM sob a presidência do senador Sérgio Zambiasi, que assumiu a função na última reunião da CPCM realizada em Córdoba, na Argentina.


A pauta do encontro também inclui o processo de instalação do Parlamento do Mercosul, por decisão adotada na última reunião de chefes de Estado, realizada em Montevidéu, no dia 9 de dezembro de 2005.

 

Órgão de representação dos povos do Mercosul, independente e autônomo, o Parlamento vai somar-se aos órgãos negociadores conformados por representantes dos Poderes Executivos e ao Tribunal Permanente de Solução de Controvérsias do Mercosul, que responde pela arbitragem de conflitos na área legal.

 


Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.