V Seminário Nacional Interlegis repleto de temas da atualidade

por thiagolucas — publicado 05/06/2006 16h41, última modificação 05/06/2006 16h42
Assuntos como dados do I Censo do Legislativo Brasileiro, tecnologia para o legislativo, Marketing político foram alguns dos temas que dominaram as palestras do V Seminário Nacional do Interlegis.

O V Seminário Interlegis foi aberto na última quinta-feira (01), na Assembléia Legislativa do Espírito Santo, em Vitória. A solenidade foi presidida pelo primeiro secretário do Senado Federal e diretor nacional do Interlegis, Efraim Morais (PFL/PB), que deu as boas vindas aos presentes e iniciou as atividades do evento. Este seminário abordou temas como tecnologia da comunicação e a apresentação dos dados do I Censo do Legislativo Brasileiro, focando nos dados do Espírito Santo.

Além do senador, compunham a mesa o presidente da Câmara Municipal de Vitória, vereador Alexandre Passos, que agradeceu o convite e anunciou a inclusão da casa legislativa entre as cem primeiras câmaras beneficiadas com o Projeto Piloto de Modernização, o presidente da Assembléia Legislativa capixaba, César Colnago, que afirmou que o Interlegis é hoje o maior programa de inclusão digital, e o presidente da União dos Vereadores do Norte do Espírito Santo, André Nardoto, que parabenizou o Programa por encurtar a distancia entre as casas legislativas. “O Interlegis nos coloca diante da informação com muita rapidez, e é disto que carecemos para melhor realizar nosso trabalho”.

Na oportunidade, César Colnago aproveitou para pleitear junto ao senador Efraim Morais a inclusão de um número maior de câmaras capixabas no projeto de modernização que irá beneficiar cem casas no primeiro momento, mas que deverá chegar até 700 no ano que vem. Encerrando a solenidade, Efraim Morais destacou o grande número de câmaras capixabas que já aderiram ao Programa Interlegis (76), perfazendo um total de 95 por cento. Destas, 66 já receberam equipamentos.

Falando sobre o I Censo do Legislativo Brasileiro, Efraim Morais afirmou ser “a radiografia verdadeira das mais de cinco mil câmaras municipais. A radiografia histórica que despertou o interesse de estudiosos não só brasileiros, mas do mundo todo”. Ao final o senador anunciou a criação do Programa Interlegis II, e o lançamento da I Enciclopédia Virtual do Legislativo, mais um serviço que estará disponível posteriormente no portal www.interlegis.gov.br.

Na sexta-feira (02), o plenário da Assembléia Legislativa do Espírito Santo sediou palestras de marketing político, tecnologias da comunicação, ética na política atual e a divulgação dos dados referentes ao Espírito Santo reunidos no Censo do Legislativo.

A coordenadora do censo, Telma Ventureli e o vice-reitor do Unieuro, Alexandre Barros falaram sobre os dados colhidos no I Censo, destacando o Espírito Santo. Na apuração, foi verificado que a grande maioria das câmaras não tem sede própria, muitas vezes dividindo um imóvel com a prefeitura, o que para Telma Venturelli não corresponde a problemas financeiros e "sim gestão financeira". Em seguida o assessor da Presidência do Senado Federal, Maurício de Albuquerque Melo Júnior, que falou sobre "Marketing Político, Parlamento e Partidos Políticos".

Tecnologia da Comunicação foi tema das palestras apresentadas na parte da tarde pelo diretor do Jornal do Senado, José Eduardo Cruz Leão e um dos diretores da Secretaria Especial de Informática, Prodasen, Carlos Magno Cataldi. José Eduardo apresentou para o público os veículos de comunicação do Senado Federal (Agência Senado, Jornal do Senado, Rádio Senado e TV Senado), e apresentou um vídeo em que fala das atividades de cada um deles.

O diretor do Prodasen, Carlos Magno Cataldi Santoro, em sua palestra sobre Tecnologias para o Legislativo comenta a dificuldade de implantar sistemas tecnológicos para a política, principalmente nesta esfera do poder. “O fato da atividade política ser tão complexa faz com que a tecnologia aplicada seja muito pensada para corresponder à complexidade exigida”.

"O Legislativo Brasileiro" foi o tema final do evento. A palestra foi dividida em três subtemas: "O que é o Legislativo", "A Ética no Legislativo" e "As mudanças no Legislativo através da Educação". Os palestrantes foram o deputado Celestino Roque Secco, presidente da Escola do Legislativo de Santa Catarina, e Ricardo Martins, consultor legislativo da Câmara dos Deputados.

Roque foi enfático na mobilização pelo fim das desigualdades sociais, corrupção, das responsabilidades dos poderes em todos os níveis e insistiu no aperfeiçoamento do processo e do aprofundamento dos parlamentares nas questões sociais, garantindo melhorias. “Não há avanço sem sofrer, gastar, suportar e abrir mão”, disse se referindo à reformulação da consciência no Legislativo.

O seminário foi encerrado pelo diretor da Assessoria Técnica do Interlegis, José Dantas Filho que agradeceu a acolhida de todos da Assembléia Legislativa do Espírito Santo, na pessoa de seu presidente, Cesar Colnago."Este foi um dos melhores seminários que promovemos desde a criação do Interlegis. Foi a primeira vez que os temas a serem abordados foram escolhidos pela própria Casa que sedia o evento", concluiu José Dantas.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.