Veja o que muda para o consumidor a decisão boliviana

por monicaco — publicado 03/05/2006 09h59, última modificação 03/05/2006 10h07 fonte : Folha de São Paulo
Veja o que pode acontecer com o consumidor a decisão do presidente boliviano de nacionalizar as reservas naturais do país, entre elas o petróleo e o gás natural que abastece o Brasil


Tire as principais dúvidas acerca dos efeitos da medida do governo boliviano em seu dia-a-dia:

1) Vai haver falta de gás?

Não. O que aconteceu não foi uma barreira à exportação de gás natural para o Brasil, mas sim o aumento do imposto pago sobre ele. O gás poderá continuar a ser explorado e exportado --e até as autoridades bolivianas se apressaram ontem em dizer isso.

2) O preço do gás encanado vai aumentar?

Deve haver, sim, algum aumento em virtude da renegociação do preço do gás em algum momento, mas a Petrobras informa que, por ora, não pode elevar esses valores devido aos contratos que tem com as distribuidoras do produto, que prevêem critérios específicos para o reajuste.

3) O gás que uso na minha casa vem da Bolívia?

Se é gás natural encanado, quase que certamente. Se não todo ele, ao menos uma boa parte. De todo o gás natural usado no Brasil, 81% vêm da Bolívia.

4) E o que vai acontecer com o gás de botijão?

O gás de botijão é diferente, produzido a partir de petróleo aqui no Brasil. Com esse produto não deve ocorrer nenhuma alteração --nem de fornecimento, nem de preço-- devido às medidas bolivianas.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.