Oficina-Escola de Restauro em São Luís será inaugurada

por Ministério da Cultura — publicado 03/05/2006 12h07, última modificação 03/05/2006 12h08
Programa Monumenta, do IPHAN, vinculado ao Ministério da Cultura, vai restaurar patrimônio de São Luís

O Programa Monumenta do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, vinculado ao Ministério da Cultura, a Prefeitura Municipal e a Embaixada da Espanha inauguram nesta quarta-feira, dia 3 de maio, a primeira Oficina-Escola de Restauro em São Luís. O evento será realizado às 9h, no Galpão do Cais de Santo Ângelo (Av. Vitorino Freire, na Praia Grande - antigo galpão da CEMAR), prédio que está sendo recuperado para abrigar a sede da escola.

A Oficina-Escola de Restauro é um projeto que contribui para o processo de recuperação do patrimônio cultural, qualificando profissionalmente jovens de baixa renda, entre 18 e 23 anos, por meio do aprendizado de técnicas construtivas tradicionais, promovendo a inclusão social.

É composta pelos cursos de alvenaria, azulejaria, marcenaria e carpintaria.

O Programa Monumenta financiou, por meio de edital de projetos de qualificação profissional em restauro e conservação, as oficinas de marcenaria e carpintaria no valor de R$ 149 mil. O objetivo destas oficinas é promover cursos de capacitação de mão-de-obra especializada, nos moldes utilizados pelo governo espanhol, visando à formação de 20 profissionais, residentes do Sítio Histórico de São Luís.

O módulo de azulejaria incluído na Oficina-Escola de Restauro dá continuidade ao projeto piloto Escola de Azulejaria, que o Programa Monumenta financiou em 2005.

O projeto da escola também buscava atender jovens carentes do Sítio Histórico em situação de risco social e qualificar profissionais para restaurar as fachadas azulejadas presentes no patrimônio de São Luís.


Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.