Participantes da Marcha dos Vereadores conhecem o Interlegis

por Debora Silva Barroso Pais publicado 25/04/2019 18h05, última modificação 06/05/2019 10h50
Técnicos do Programa receberam interessados nas ferramentas Interlegis durante toda a tarde

Durante todo o período da tarde desta quinta (25), após a apresentação do coordenador do ILB Francisco Biondo na Marcha dos Vereadores, técnicos do Interlegis apresentaram as principais ferramentas tecnológicas desenvolvidas pelo Programa para as casas legislativas.

Os servidores Adalberto Oliveira e José Bonifácio de Góis Jr. receberam representantes de municípios de São Paulo, Ceará, Rio Grande do Norte, Maranhão, Paraná e Sergipe. Para muitos deles, essa foi a primeira aproximação com o Interlegis. Foi assim com o vereador de Marco - CE, Erasmo Soares, que conheceu sobre Programa pela manhã, durante a apresentação de Biondo.

“Ouvi a palestra do Francisco Biondo e fiquei impressionado. Achei que valia a visita. Vou a Pindoretama (município próximo de Marco), ver como os produtos funcionam numa casa pequena”, afirmou.

O vereador disse que pretende montar uma explanação sobre o Interlegis para levar para os vereadores de Marco e implantar, assim que possível, os produtos Portal Modelo, SAPL e e-Democracia.

Fábio Dias, presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz, RN, também não conhecia nenhum produto Interlegis mas veio na intenção de encontrar ferramentas que ajudem a levar mais transparência para a Câmara e que aumentem a interação do cidadão com a Casa. Ele disse que as ferramentas são particularmente importantes para a população do interior e que pretende solicitar o e-Democracia. “Facilita o acesso do cidadão aos assuntos da Câmara”.

Já o vereador Wellington Gimenes, de Rincão, SP, afirmou que toda a expertise tecnológica do Interlegis é de interesse da Câmara. Ele já fez cursos a distância do ILB, mas não conhecia as Oficinas. Marcos Jurídicos é a sua prioridade: “Quero esse treinamento que ensina a atualizar Lei Orgânica e Regimento Interno”, apontou.

Outro vereador bastante satisfeito com a apresentação era o presidente da Câmara de Itapecuru Mirim, vereador Carlos Júnior. O município de Itapecuru já utiliza diversos produtos Interlegis como Portal Modelo, SAPL, e-mail legislativo. A casa desenvolveu um aplicativo para que a comunidade possa acompanhar a atividade legislativa da Câmara: “E quem possibilitou isso foi o Interlegis”, garante o vereador. O aplicativo é sincronizado com as informações alimentadas no SAPL e no Portal Modelo. “O Interlegis oferece ferramentas para as câmaras a custo zero. Ele é essencial para elas”, finalizou. O presidente afirmou que vai solicitar o e-Democracia.

Os presentes ainda ouviram uma apresentação do Diretor da Associação Brasileira das Escolas do Legislativo – Abel, Florian Madruga, que deu algumas instruções básicas sobre como montar uma Escola nas câmaras. “E praticamente sem custo já que toda casa legislativa já conta com, ao menos uma sala de aula, que é o plenário”, ensinou.