ILB e TCE-CE organizam programação de atividades conjuntas de 2019

por Debora Silva Barroso Pais publicado 28/11/2018 18h35, última modificação 28/11/2018 18h51
A ação é um desdobramento da parceria firmada pelo Tribunal do Estado e o ILB em junho e irá alcançar ao menos 12 mil pessoas

Na tarde desta quarta-feira, representantes do TCE estiveram com o diretor-executivo do ILB, Helder Rebouças, para tratar das ações de especialização técnicas e educacionais no estado em 2019 que o Tribunal irá executar com o apoio do Senado Federal, por meio do Instituto Legislativo Brasileiro, ILB.

Em parceria com o ILB e a Escola Superior de Contas e Gestão Pública Ministro Plácido Castelo (IPC), o TCE desenvolverá uma série de ações nas mais diversas áreas de educação continuada em todo o estado cearense.

A iniciativa contemplará 184 municípios. Servidores de Câmaras Municipais e Prefeituras e membros da sociedade civil formam o público alvo das ações. A expectativa é atender a 12 mil participantes no ano. Sediarão as ações os municípios Tamboril, Canindé, Guaramiranga, Beberibe, Assaré, Tauá, Sobral, Ubajara, Mombaça, Jaguaribe, Camocim, Itarema, Icó, Iguatu, Brejo Santo, Crato, Limoeiro do Norte, Quixeramobim, Paracuru e Guaiuba.

O trabalho faz parte de uma série de ações a serem desenvolvidas em conjunto pelo Senado Federal, por meio do Instituto Legislativo Brasileiro (ILB), e o TCE Ceará, a partir do Termo de Cooperação assinado pelos presidentes das duas casas, Eunício Oliveira e Edilberto Pontes, em junho desde ano.

Representando o TCE do estado, participaram do plano de trabalho o diretor de Ensino, Pesquisa e Extensão e Pós-Graduação Otávio Miranda Bezerra, o assessor especial da presidência do Tribunal de Contas do Estado do Ceará, Juraci Muniz Júnior, o Coordenador do ILB, Francisco Etelvino Biondo e a responsável pelo setor de eventos do ILB, a servidora Dalva Dutra.

Biondo afirmou que a parceria entre o Tribunal de Contas do Ceará e o Interlegis/ILB irá alcançar todo o estado no que diz respeito à atualização dos marcos jurídicos municipais, a saber a Lei Orgânica e o Regimento Interno.